Seguir

Rapper Snoop Dogg crítica a indústria do streaming durante palestra

Capa Snoop Dogg Capa Snoop Dogg
Foto: Reprodução

Snoop Dogg não sabe pra onde está indo o dinheiro com os streamings.

Recentemente, Snoop Dogg foi palestrante na Conferência Global do Instituto Milken de 2023 ao lado do CEO e fundador da Gamma, Larry Jackson. Durante sua palestra, Snoop falou sobre a indústria de streaming de música e expressou suas preocupações sobre a forma como os artistas são remunerados por suas músicas através desse meio.

“Streaming é empolgante, mas o streaming precisa se recompor. Eu não entendo como diabos você consegue pagar essa merda. Alguém pode me explicar como você pode ter um bilhão de streams e não ter um bilhão de dólares?. Isso não faz sentido.

Capa Snoop Dogg

Continuando seu discurso, o rapper reconheceu que estava saindo do roteiro, mas precisava tirar algumas coisas do peito. Snoop mencionou que a principal reclamação que os artistas têm tido é não ver para onde está indo o dinheiro ao fazer grandes números de streaming.

“Fazemos grandes números com streams, mas não somam dinheiro. Onde diabos está o dinheiro?” Snoop perguntou. O artista continuou seu discurso explicando que, quando ele estava começando, os números eram baseados em números físicos.

Snoop Dogg mencionou que gosta dos velhos tempos quando se trata de analisar os números dos artistas. “Durante o período de vendas físicas, os artistas sabiam exatamente o que estavam recebendo (na maior parte). Quando se tratava de porcentagens de vendas e o que o artista ganha com a divisão, era muito mais fácil do que hoje em dia”.

Snoop Dogg é conhecido por abordar temas polêmicos em suas opiniões, e um deles é sobre a existência e uso da inteligência artificial (IA) na criação de música. Ele expressou suas preocupações sobre a utilização de vozes de artistas para criar músicas através da IA, gerando inseguranças sobre a originalidade e autenticidade da arte.

Na mesma conversa, Snoop Dogg foi questionado sobre como se sentiria em relação a uma música criada pela IA com seus amigos Tupac e Biggie em um álbum de colaboração póstuma. O rapper afirmou que preferiria que fossem usadas gravações antigas dos artistas para criar essa colaboração.

 

Confira abaixo a postagem no Twitter: