Spotify é pressionado para excluir faixas de Chris Brown, Eminem, 6ix9ine e mais de suas playlists

O Spotify removerá mais artistas de suas listas de reprodução?

Na semana passada, o Spotify removeu faixas de R. Kelly e XXXTentacion de suas playlists populares como parte da nova política de anti-ódio da plataforma. Como postamos anteriormente, artistas que exibem comportamento “notório” ou promovem “violência contra um grupo ou indivíduo” podem ter suas musicas  retiradas das playlists que tem curadoria oficial do Spotify. Desde que a notícia foi divulgada, ambas as partes tiveram sua administração respondendo peguntas sobre se outros artistas que foram apenas acusados ​​e não condenados por conduta sexual imprópria também terão suas músicas retiradas.Mais recentemente, a organização de direitos das mulheres UltraViolet escreveu uma carta aberta ao CEO do Spotify, Daniel Ek, o aplaudindo pela remoção das músicas de R. Kelly e X, mas a organização pedem que Daniel dê um passo além, indo atrás de outros artistas como Chris. Brown, Red Hot Chili PeppersNellyEminem, Don Henley, Steven Tyler e Tekashi 6ix9ine.

“Obrigado por dar o primeiro passo importante para remover os infames abusadores R. Kelly e XXXTentacion de suas playlists oficiais”, diz a carta. “Sua ação demonstra que o Spotify está seguindo o exemplo das mulheres negras que exigiram que esses dois homens, que abusaram sexualmente e fisicamente de mulheres durante anos, não sejam promovidos e celebrados.”

A carta continua: “Toda vez que um indivíduo famoso continua sendo glorificado apesar das alegações de abuso, perpetuamos o silêncio erroneamente mostrando aos sobreviventes de violência sexual e violência doméstica que não haverá consequências para o abuso. Isso tem um efeito cultural muito além de um indivíduo ou artista”

Resta saber qual será a atitude do Spotify após este pedido. Manteremos vocês informados.

Spotify é pressionado para excluir faixas de Chris Brown, Eminem, 6ix9ine e mais de suas playlists
4.5 (90%) 2 votes

Related Posts