Spotify sobre preço de assinatura no Brasil e vai ficar 30% mais caro

Parece que uma alta no valor da assinatura premium do Spotify irá acontecer.

Nesta segunda feira, a plataforma de streams do Spotify anunciou que o plano Premium estará recebendo um aumento de preço em todos os seus pacotes. O aumento do valor irá começar a partir do dia 30 de Abril, para  novos assinantes do plano individual, duo, universitário e familiar deverão arcar com o novo valor, enquanto clientes antigos serão afetados somente na cobrança de julho.

No maior dos reajustes, o Premium Família soma 29,7% do valor original, indo de R$ 26,90 para R$ 34,90. Segundo o Spotify, o acréscimo serve para a plataforma “continuar trazendo novos conteúdos e recursos para vocês curtirem em família ou cada um na sua”. A justificativa é coerente com o discurso do CEO da companhia, Daniel Ek, que em novembro afirmou que o serviço passaria por mais reajustes para oferecer mais “conteúdo melhorado”.

Em 2020, a plataforma fechou o período com um total de 345 milhões de usuários ativos mensalmente, o que representa um crescimento de 27% no comparativo anual. Ainda assim, isso não foi suficiente para a empresa obter lucro.

De acordo com o documento apresentado pela companhia, o último trimestre fiscal de 2020 marcou a chegada de 45 milhões novas contas à plataforma, que somou 345 milhões de usuários ativos por mês. Desse total, 155 milhões (44,92%) são pagantes, enquanto os outros 199 milhões (55,07%) utilizam a versão gratuita da plataforma, sustentada por veiculação de publicidade.

Apesar dos bons números em relação a público, o Spotify ainda patina para garantir lucro a seus acionistas. No período, a companhia registrou perdas de € 125 milhões, apesar da receita de € 2,1 bilhões.