The Game diz que é responsável pelo sucesso de Kendrick Lamar e Nipsey Hussle

O rapper de Compton espera que a indústria o reconheça pelos seus feitos e diz se sentir realizado pelo sucesso de outros artistas.

O rapper The Game está exigindo que as pessoas respeitem seu nome por tudo o que ele fez pelo Hip-Hop da Costa Oeste, incluindo ajudar a lançar as carreiras de duas de suas maiores estrelas, Kendrick Lamar e Nipsey Hussle. Na última terça-feira (26), um vídeo surgiu do nativo de Compton fazendo um discurso emocionado durante uma apresentação em uma boate e lembrando aos fãs de suas muitas conquistas na carreira.

“Eu enfrentei esses fracassos, levei essas balas, estive em tiroteios, fiquei atrás das grades, mano”, disse ele com determinação enquanto segurava uma garrafa de champanhe. Ele continuou: “Eu tive esses filhos, mostrei a vocês essas crianças, lancei aqueles álbuns. Cara, eu peguei o CD do Nipsey. Peguei e coloquei no meu bolso, mano. Eu peguei o Kendrick e o levei em turnê quando o Kendrick era o hype man do Jay Rock, mano (…) Eu carreguei o Oeste nas minhas costas, então quando os caras dizem, ‘Eu sou ele’ – não, você não é; eu sou ele, mano!”

The Game nunca escondeu seu papel nas ascensões de Kendrick Lamar e Nipsey Hussle ao estrelato. Durante uma entrevista ao HipHopDX no ano passado, o MC Drillmatic refletiu sobre ter estado perto de K. Dot no início de sua carreira e “vê-lo crescer”.

“Sempre vou dar a ele o amor que ele merece porque eu vi isso em primeira mão”, ele disse. “Eu estava lá, Kendrick no início, eu estava na casa do Top Dawg, no estúdio, no porão. Observando ele, observando essa flor crescer. Então Kendrick sempre será um dos meus favoritos. Novamente, uma daquelas relações de irmão mais velho e irmão mais novo.”

O ex-artista da G-Unit também compartilhou memórias afetuosas de Neighborhood Nip pouco depois de ele ser tragicamente morto a tiros do lado de fora de sua loja Marathon Clothing, em Los Angeles, em março de 2019. “Abri a janela do meu carro há 12 anos em Crenshaw & Slauson enquanto você me entregava sua demo e dizia ‘Chuck, não jogue meu material fora, mano… dê uma chance a um jovem e ouça'”, escreveu em uma postagem de homenagem no Instagram. “Daquele dia até deixá-lo abrir para mim em turnê e nós rodarmos o mundo juntos, criando um vínculo e assistindo ao seu crescimento até hoje.”

Ironicamente, o desabafo de The Game na boate ocorre logo após Eminem tê-lo criticado por se apresentar em estabelecimentos desse tipo. “Todos os rappers invejosos que eu detonaria se estivesse em uma música com eles / E essa é a única resposta, não toco nas boates, porra, enfie uma rolha nisso / A única razão pela qual ainda tocam suas músicas nas boates é porque você ainda se apresenta nelas”, ele rimou em “The Realest”, uma música com seu artista da Shady Records, EZ Mil, que foi lançada no mês passado.

Confira as falas de The Game no post do X abaixo: