Tory Lanez teria dito “Comece a dançar, vadi*” antes de atirar nos pés de Megan Thee Stallion, segundo fontes

420

Antes de disparar quatro tiros nos pés de Megan Thee Stallion, o rapper Tory Lanez supostamente disse a ela, “Comece a dançar, vadia.” Logo depois, desesperado para consertar seu erro, ele ofereceu dinheiro para a rapper encobrir ele. Essa é a história contada ao Complex por uma fonte próxima à situação.

Tory gastou uma boa parte de seu novo projeto surpresa Daystar, lançado na sexta-feira, tentando refutar o relato público de Megan Thee Stallion sobre o incidente de julho de 2020 em que ela se feriu após um dia com Tory. Em resposta à acusação de Megan de que Lanez atirou nela, ele respondeu: “Como diabos você levou um tiro no pé, não atingiu nenhum osso ou tendão?” Ele também ataca o empresário de Meg, rimando: “Não estou nem aí se o baixinho conhece Jigga”.

Megan alegou publicamente que Lanez atirou no pé dela em 12 de julho quando ela tentava sair do carro em que estavam, após uma discussão entre ela, Lanez, o segurança de Tory, e outro passageiro, a amiga de Megan, Kelsey Nicole. No álbum Daystar, Lanez recua, dizendo que “as pessoas de Megan estão tentando me incriminar para um tiroteio” ​​e insistindo que ele “nunca colocou [Megan] em perigo”.

Agora, uma fonte próxima à situação contesta as falas de Lanez, descrevendo um cenário bem diferente.

“Quando ela sai do carro e diz: ‘Só vou voltar para casa’, ele saca uma arma e diz: ‘Comece a dançar, vadia’, e começa a atirar nela”, disse a fonte ao site Complex. A fonte também disse que Tory ofereceu dinheiro a Megan e Kelsey Nicole após o tiroteio, enquanto Megan estava recebendo tratamento médico, para que ela não falasse nada sobre isso. O rapper supostamente não queria que as balas acertassem Megan.

“Enquanto ela está indo para a cirurgia, este maníaco estava enviando uma mensagem de texto para ela”, disse a fonte. “Ele basicamente estava tentando dizer que vai pagar. A amiga dela [também] está recebendo ligações para receber dinheiro. Ele estava tentando mantê-la quieta.”

A Complex revisou os registros médicos do Cedars-Sinai após o incidente, que são consistentes com a história de Megan de que ela foi baleada no pé, e mencionam estilhaços encontrados em seu calcanhar.

A fonte diz que eles estão se manifestando porque a resposta do público em torno do projeto de Tory fez as pessoas duvidarem da história de Megan e até zombarem dela. “Isso não está bem, não é engraçado e não é algo que possamos simplesmente normalizar”, explicam eles.

Quando procurado para comentar, um representante de Tory Lanez negou categoricamente que Tory disse “Comece a dançar, vadia” para Megan.