Tems revela ter outra música com Drake para seu primeiro álbum

capa drake tems

A ascensão de Tems continua a todo vapor

A cantora, compositora e produtora nigeriana Tems fez ondas na indústria musical com sua voz suave e som autêntico, cuidadosamente selecionados ao longo da última década e meia, durante a qual ela passou fazendo música inteiramente em seus próprios termos. As canções de Tems ganharam rapidamente força local, e depois global, graças à sua participação no single “Essence” de Wizkid, e mais recentemente, no disco de sucesso de Drake, Certified Lover Boy.

Agora, em uma nova entrevista, Tems sugere outra colaboração com Drake, que deve ser lançada no próximo ano. Em uma entrevista para o The Guardian, Tems fala sobre como foi crescer na Nigéria, voltando-se para a música como terapia, explorando diferentes caminhos em seu último trabalho, bem como colaborando com Drake.

Ao detalhar sua infância na Nigéria, Tems a descreveu como solitária. “Eu costumava escrever muito poemas”, diz ela. “Eu comecei a escrever músicas, por volta dos 11 anos. Algumas delas eram sobre eu não ter amigos, outras eram sobre meus colegas de classe dizendo que eu era estranha. Algumas delas eram realmente tristes. Eu não tive muita interação humana, mas me ajudou a curar ser capaz de cantar sobre o que eu estava sentindo.”

Este ano, o público em todo o mundo ouviu Tems em “Fountains”, a lenta faixa de Drake em Certified Lover Boy que combina os sons de Afrobeats, Dancehall e R&B. Ela ainda se encontra hipnotizada por seu envolvimento no álbum, e o entusiasmo que ela recebeu de artistas como Drake – figuras da música que ela admirou por toda a sua vida.

“Ele estava tipo, “Manooo, como – por que – você é tão boa?’”, ela se lembra de sua primeira ligação com o rapper. Seguindo em frente, outra colaboração com Drake é iminente, e provavelmente será apresentada no álbum de estreia de Tems, com lançamento previsto para o próximo ano.

Com a narrativa distinta que permeia todo o seu trabalho, Tems triunfou como uma das artistas inovadoras mais promissoras deste ano, e estaremos assistindo mais de perto enquanto seu crescimento na indústria da música continua a se desenvolver.

Escute ‘Fountains’ abaixo:

Sair da versão mobile