Seguir

TuneCorre: Mac Júlia detalha seu corre cheio de hits e de representatividade feminina

Mac Júlia é o convidada da vez no quadro TuneCorre do RAPMAIS com a TuneCore.

Mac Júlia, uma das grandes hitmakers dos últimos anos, é mais nova entrevistada do quadro TuneCorre x RAPMAIS, uma parceria com a distribuidora TuneCore, a maior distribuidora musical do mundo para artistas independentes, onde contamos a história dos artistas e um pouco do seu corre na cena independente. Confira as edições anteriores do quadro aqui!

No projeto, destacaremos o corre de um artista independente da cena nacional por semana e no final, os destaques do quadro serão peça central de um artigo especial da HypebeastBR, uma das maiores e mais conceituadas mídias sobre a cultura urbana do planeta. Neste episódio, Mac Júlia mostra como percorre por diferentes linhas melódicas e busca inspirar as mulheres.

Entre os maiores hits da carreira musical de Mac Júlia estão “Sofá, Breja e Netflix”, que conta com mais de 100 milhões de streams nas plataformas digitais, e “Se Tá Solteira”, parceria com FBC e VHOOR que viralizou nas redes sociais e virou um hit nacional. Para o RAPMAIS, ela conta como iniciou sua carreira e faz uma revelação curiosa.

“Eu conversei muito pequena, com 12 anos na escola., e me influenciei muito pelo Rock n Roll. Meu tio tinha uma banda quando eu era bem novinha, aos 8 anos de idade, eu tocava bateria e cantava também. E aos 12 eu comecei a compor quando eu me envolvi com o rock. Na época, eu tinha referências como Systen Of A Down, The Doors, Pink Floyd… Nessa época era bem isso assim, sabe”, começou a revelar a artista, que continuou.

“No rap escutava muito Cone Crew, Hungria, Dina Di, Lauryn Hill e mais minas que eu botava muita fé. Hoje me vejo correndo atrás do meu lugar, acho que a humildade é a chave para  buscar o reconhecimento através da nossa arte no meio do rap e do trap. Sei que já tenho alguns hits na carreira, então sei que sou uma artista de potencial, que está buscando seu espaço”, detalhou.

divulgação

Como falamos anteriormente, Mac Júlia possui alguns hits que até hoje são escutados em cada canto do Brasil, porém ela admite que tem guardado o carinho para uma música em especial.

“Sofá, Breja e Netflix foi muito especial porque foi um clipe orgânico e a gente nem esperava que fosse ser esse estouro todo, pois foi 7 meses depois dele que a música estourou no Tik-Tok. Então essa música tem um valor muito forte para mim. É o que me faz acreditar que a música não é genérica, música não é para poucos. Me fez acreditar que a gente pode, se tem força de vontade e disposição. E ser bom também não é o suficiente, pois é preciso ser esforçado”, detalha.

Além de refletir o quanto é difícil ser mulher no meio disso tudo, a artista fala sobre como está feliz ao ver a cena atual do rap nacional. Ela conta que enxerga que a evolução da cena está apenas no seu começo e que isso é um caminho sem volta.

“Essa questão da maioria ser homem pode melhorar com a inclusão, não na segregação, né? Não utilizar a gente só como objeto, mas também como prática. É envolvendo mais mulheres. Todas as mulheres possíveis nos trabalhos artísticos e musicais, sabe? Quebrar essa essa tradição do patriarcado, não é? Mas, enfim, é mais ou menos essa ideia”, falou Mac, que deu prosseguimento a sua resposta.

“Acho foda, velho, acho da hora. Tenho me encantado pelo funk como nunca, e acredito que todos os artistas que tem se destacado na cena. Além de merecerem, são muito, muito talentoso. Né? Hoje nós temos aí em 2022 várias revelações extraordinárias como Nina do porte, Veigh e etc. É, enfim, acredito que é daqui para melhor. Foguete não tem ré”, afirmou.

divulgação

Júlia também disse que no momento está olhando bastante para o mundo do pagode e do funk para uma colaboração. De encontro a isso ela revelou que é Mac Júlia fora da vida artística.

“Ultimamente, estou gostando muito de um pagodinho. Então eu acho que se eu fechasse ali feat com o Ferrugem ou Thiaguinho é o meu sonho, sabe!? Sou Favelada, mãe, descabelado na maioria do tempo, mãe de 2 filhos: Um tem 4 e o outro tem meses ainda vou fazer a minha, e isso não é. Vida de dona de casa muito corre, muito cansaço. Sofrimento não é brinquedo, não. E vamos rompendo”, detalhou.

Para finalizar, a artista conta todos os seus planos para esses últimos meses de 2022. “A gente teve um lançamento agora. Piquezinho ritmado do DJ L da Coro e o feat com o PK Delas. Putariazinha linda. Trem novíssimo. Então escutem ‘Rompe’ em todas as plataformas digitais”, revela a cantora.

Esse conteúdo é apoiado e patrocinado pela TuneCore. uma das maiores distribuidoras de música digital para artistas independentes do mundo, e fez sua expansão internacional ser ainda maior com o lançamento da TuneCore Brasil. Fundada em 2006, a TuneCore permite que artistas independentes distribuam suas músicas para a extensa rede de mais de 150 lojas digitais e serviços de streaming em todo o mundo, incluindo Spotify, iTunes/Apple Music, YouTube Music, Amazon Music, TikTok e Deezer.

Distribua de forma ilimitada sua música com os 4 novos planos da TuneCore aqui!