TuneCorre: Thai Flow, o corre da cria do Jacarezinho que promete marcar a cena com sua originalidade

TuneCorre: Thai Flow é a segunda convidada do novo quadro do RAPMAIS em parceria com a TuneCore

Cria do Jacarezinho, mas atualmente morando no Complexo do Alemão, Thainá Denicia, mais conhecida como Thai Flow, é uma das grandes potências do rap nacional, principalmente na cena do Rio de Janeiro. Ela é a nossa segunda entrevistada do quadro RAPMAIS x TuneCorre, uma parceria com a distribuidora TuneCore, a maior distribuidora musical do mundo para artistas independentes, onde contamos a história dos artistas e um pouco do seu corre na cena independente. No primeiro episodio, falamos com a sensação Puterrier. 

No projeto, destacaremos o corre de um artista independente da cena nacional por semana e no final, os destaques do quadro serão peça central de um artigo especial da HypebeastBR, uma das maiores e mais conceituadas mídias sobre a cultura urbana do planeta. Com exclusividade, Thai conta como começou a sua caminhada no rap e todas as suas influências.

Reprodução Instagram

“Eu sou rapper e comecei minha carreira mesmo nas batalhas de rimas em 2016 mas só em 2018 eu vi as coisas darem um Boom mais profissional. Saí do país e assinei com uma gravadora internacional que me abriu visões que me influenciam até hoje, mesmo não estando mais com eles De fato foi algo que mudou minha vida, pois na época era garota de programa e já não via mais nenhuma saída! Minhas influências musicais vieram do meu pai que era envolvido com o crime mas fazia “fazia” rap também… então em casa não parava de tocar Racionais mcs, Negra li, Marcelo D2 e vários outros sucessos dos anos 90”, começou a falar a artista que também explicou como surgiu o seu nome artístico.

Thai Flow surgiu um pouco antes de me jogar nas batalhas pq mesmo “ demorando “ pra conseguir botar a cara, eu já andava com quem fazia, eu já escrevia desde muito nova então estava sempre soltando uns versos como quem não queria nada, em uma seção de um amigo ou  algum bar da Lapa. E assim começaram a me “zoar” de Thai Flow… e quando me reconheci como artista ressignifiquei e continuei usando”, revelou a rapper para a reportagem.

Apesar de grandes artistas da cena estarem numa grande fase da carreira, vemos poucas mulheres, principalmente nas principais gravadoras do rap nacional. Thai passou a sua visão de como enxerga nisso e como pode ser mudado

“Mudamos isso quando pararmos de querer mostrar pra eles que merecemos estar ali. Vejo várias se perdendo nessa personagem e simplesmente esquecendo que não queremos igualdade e sim equidade! Nosso game pode ser tão bom quanto o deles só precisamos administrar melhor pra onde vai nosso dinheiro, nossas energias e nosso tempo porque é exatamente isso que eles fazem”, começou a falar.

“Existe padrões de vida dentro e fora da cena que naturalmente faz com que as coisas sejam mais difíceis pra nós, então o quanto antes não nos preparamos pra quebra de expectativa., mais demorado fica! Sobre eles não nos quererem neste lugar Pouco importa, quem precisa estar ali? Já já vocês enxergam que podemos ser melhor que oque eles tem oferecido”, continua.

foto: @odarioaguiar

Sobre a cena do rap nacional hoje, musicalmente falando, Thai Flow conta como faz para se atualizar e adaptar a cada trabalho seu a sua realidade diária

“Eu acho que a cena tá vivendo o melhor momento da história do rap até aqui, espero que saibamos aproveitar exatamente o que tá rolando. Os olhos estão em nós, muitas oportunidades e portas abertas, todos estão na correria de deixar seu nome na história… Então a cena tá muito criativa e eu amo isso. Amo o novo, estou sempre atenta ao que tá rolando, ao que me encaixo e me enxergo como artista.. e aí naturalmente minhas músicas são sempre atuais”, diz Thai, que completa falando sobre a sua crescente na parte musical.

“Eu nunca tive pressa sempre tive objetivo e desde que saí da gravadora por conta própria decidi que iria ressignificar o significado da palavra Independente. Sou eu quem faço a gestão da minha própria carreira e acredito que tenho acertado nas minhas escolhas, desde escolher bons profissionais para estarem comigo ( pois sozinho nada acontece.) a escolhas de caminho mesmo. Então sim, muito estudo, foco e aprendizagens.
Amo estudar moda e linguagens visuais.. já fiz teatro e na pandemia foquei muito em aprender marketing e até gestão financeira Acredito que a parte mais fácil é fazer rimas, então temos que estar sempre atentos aos outros pontos também. Espero cada vez mais aprender a entregar minha arte pro mundo”, revela.

Reprodução Instagram

Para finalizar o papo, Thai Flow nos dá detalhes para seus projetos futuros, como um álbum chegando para o público e como ela se vê daqui há alguns anos.

“Depois de muitos anos vivendo, sentindo e construindo quem era a Thai Flow em 2022 eu sinto que tô pronta pra entregar enfim meu álbum de estreia. Estou ansiosa por isso e a única que posso dizer é que tenho certeza que vou entregar um dos melhores trabalhos da minha carreira até aqui. (e não será o último rs) Daqui a alguns anos espero estar colhendo os resultados dos plantios que tenho feito. Espero ter entregado pra cena novas possibilidades de mercado e novas formas de fazer música assim como Anitta faz e fez no Funk”, detalha.

Esse conteúdo é apoiado e patrocinado pela TuneCore. uma das maiores distribuidoras de música digital para artistas independentes do mundo, e fez sua expansão internacional ser ainda maior com o lançamento da TuneCore Brasil. Fundada em 2006, a TuneCore permite que artistas independentes distribuam suas músicas para a extensa rede de mais de 150 lojas digitais e serviços de streaming em todo o mundo, incluindo Spotify, iTunes/Apple Music, YouTube Music, Amazon Music, TikTok e Deezer.

Além disso, todos que fecharam a distribuição com a TuneCore usando nosso link terão desconto de 50% na anuidade na primeira distribuição e ainda ficam com 100% das receitas das vendas das suas músicas. É só clicar aqui! (o desconto é aplicado diretamente no checkout).

Sair da versão mobile