Will Smith fala sobre seu novo filme “Emancipação”, que deve ser forte candidato ao Oscar

Capa Will Smith

Foto: Reprodução

Will Smith falou sobre seu novo filme “Emancipation” após uma recente exibição, fazendo sua primeira aparição diante de uma multidão desde o Oscar.

Will Smith explicou sua decisão de estrelar o novo filme, “Emancipação”, após sua primeira exibição na 51ª Conferência Legislativa Anual da Congressional Black Caucus Foundation, organizada pela NAACP, no sábado. Os comentários foram a primeira vez que Smith se dirigiu a uma multidão pública desde sua aparição no Oscar, onde ele deu um tapa no apresentador Chris Rock.

“Ao longo da minha carreira, recusei muitos filmes que se passavam na escravidão”, disse Smith, segundo o The Hollywood Reporter. “Eu nunca quis nos mostrar assim. E então veio essa produção. E este não é um filme sobre escravidão. Este é um filme sobre liberdade. Este é um filme sobre resiliência. Este é um filme sobre fé”. “Emancipação” foi dirigido por Antoine Fuqua, dos famosos Dia de Treinamento e O Protetor, e é estrelado por Ben Foster e Steven Ogg, além de Smith.

Foto: Shutterstock

“Este é um filme sobre o coração de um homem – o que poderia ser chamado de primeira imagem que viralizou”, continuou Smith. “As câmeras tinham acabado de ser criadas, e a imagem de Peter chicoteado circulou o mundo. Foi um grito de guerra contra a escravidão, e esta foi uma história que explodiu e floresceu em meu coração que eu queria poder entregar a vocês de uma maneira que só Antoine Fuqua poderia entregar”.

Espera-se que o “Emancipação” seja lançado em algum momento de 2023 através do Apple TV+, embora não tenha uma data de lançamento confirmada. Se o filme for bem sucedido o suficiente para ganhar indicações da academia, Smith não poderá comemorar no Oscar, pois ele foi banido por 10 anos de comparecer na premiação

Em notícias relacionadas, Dave Chapelle disse que a ‘máscara’ de Will Smith caiu após tapa em Chris Rock no Oscar. “Muitas pessoas esquecem quem é Will Smith”, disse Chappelle. “Então, 10 minutos antes de receber o maior prêmio… ele agiu como se estivesse de volta à Filadélfia. Will fingiu ser uma pessoa perfeita por 30 anos, mas arrancou sua máscara e nos mostrou ser tão feio quanto o resto de nós. Quaisquer que sejam as consequências…

Confira abaixo a postagem no Twitter:

Sair da versão mobile