wiz khalifa wiz khalifa

WIz Khalifa vende direitos do seu mega hit ‘See You Again’

Wiz Khalifa vendeu seu catálogo musical para empresa; termos e valores não foram revelados.

O último acordo de Wiz Khalifa, anunciado na quinta-feira (6), segue uma tendência atual da indústria da música. O rapper de Pittsburgh se torna o último a se desfazer de ativos musicais para obter ganhos financeiros. De acordo com a Billboard, o co-fundador da Taylor Gang Entertainment vendeu uma parte de seu catálogo para a empresa de investimentos HarbourView Equity Partners, sob termos não revelados.

Alguns dos maiores hits da carreira do cantor de 35 anos fazem parte do acordo, incluindo “See You Again”, “Black and Yellow” e “The Thrill”. A música na aquisição envolve a “carreira prolífica do rapper indicado ao Grammy em dezenas de álbuns, mixtapes e colaborações com alguns dos maiores nomes do entretenimento”.

Wiz Khalifa
Foto: George Pimentel/Getty Images

O rapper Wiz Khalifa falou sobre a venda em um comunicado à imprensa. “Sherrese Clarke Soares e HarbourView realmente entendem o valor da música e da arte. Estamos entusiasmados em fazer essa parceria com eles, enquanto eles continuam a construir uma empresa de mídia dinâmica, alinhada com os valores e objetivos que todos temos aqui na Taylor Gang.”

Soares, fundador e CEO da HarbourView, também comentou a aquisição. “Wiz Khalifa já causou um impacto profundo na cultura como músico, executivo. Ele é um visionário da mídia e possui muita força criativa. Celebramos seu talento e criatividade e estamos entusiasmados em dar as boas-vindas a ele”, finalizou. HarbourView também comprou metade do catálogo de Nelly no início desta semana.

No mesmo dia, HarbourView revelou que também garantiu um contrato de U$ 50 milhões com Nelly para oito álbuns de estúdio. Outras estrelas do Hip Hop que recentemente venderam partes ou seus catálogos inteiros incluem Logic, Mannie Fresh, Metro Boomin, Future e Zaytoven.

“See You Again” é uma homenagem ao falecido ator do filme “Velozes e Furioses”, Paul Walker, que morreu tragicamente em novembro de 2013, depois que seu carro bateu e pegou fogo. O primeiro verso da música é feito a partir da perspectiva de Vin Diesel e dos membros do elenco do filme, enquanto o segundo é de Paul Walker.