Seguir

50 Cent, Joe Budden e outros artistas repercutem ‘desculpas’ de J. Cole a Kendrick Lamar

CAPA J Cole, Kendric, 50 Cent e Budden CAPA J Cole, Kendric, 50 Cent e Budden
FOTO: REPRODUÇÃO

Pedido de desculpas de J. Cole a Kendrick Lamar repercutiu entre diferentes nomes da cena.

O rapper J Cole disse que se arrependeu de ter atacado o também rapper Kendrick Lamar. Enquanto se apresentava no Dreamville Festival, ele comentou sobre sua nova mixtape, “Might Delete Later” e revelou que a música “7 Minute Drill”, uma diss contra K-Dot, “não combina com ele”.

Durante seu show no evento, ele fez uma pausa para falar sobre o assunto. J. Cole reforçou sua admiração com Kendrick Lamar e disse que a música seria tirada do ar. “Eu rezo para que Deus me alinhe de volta ao meu propósito. Eu rezo para que meu mano realmente não tenha sentido nada e, se sentiu, peço desculpas.”

CAPA J Cole, Kendric, 50 Cent e Budden
FOTO: REPRODUÇÃO

A fala de J. Cole repercutiu na cena internacional, dividindo as reações de outros artistas. O rapper 50 Cent fez um apelo público, e ele não pareceu feliz com a ideia de outro MC recuando de uma briga. Vale lembrar que Fifty coleciona rivalidades em sua carreira contra Ja Rule, The Game, Diddy e Rick Ross.

Ao lado de uma captura de tela com as aspas de J. Cole, 50 Cent escreveu no Instagram: “O que diabos eu perdi? J. Cole ligue para o meu telefone agora mesmo!”, disse.

Os rappers Meek Mill e Mick Jenkins também estão entre as muitas figuras do Hip Hop que compartilharam seus pensamentos sobre o pedido de desculpas de J. Cole a Kendrick Lamar por conta da diss “7 Minute Drill“.

Ao seu colocar no papel de rapper, Mick Jenkins Jenkins disse estar “enojado” e “desapontado” com o recuo de J. Cole na briga. Já Meek Mill elogiou a atitude: “Prefiro que eles façam um álbum histórico. A briga está apenas nas palavras! Eles são espertos, jamais criariam uma treta violenta”, tuitou.

O rapper e influenciador Joe Budden também deu sua opinião após J. Cole pedir desculpas a Kendrick Lamar. Em sua conta no Twitter, ele mostrou sua desaprovação sobre a atitude e disse que as “ruas precisam de um corpo”, expressando a necessidade de um ganhador na briga.

Por fim, o produtor Punch, membro da TDE, ex-gravadora de Kendrick Lamar, elogiou J. Cole chamando-o de “muito genuíno”. “Muitas vezes cedemos a pressões e influências externas e agimos de acordo com nosso próprio caráter. É raro ter coragem suficiente para fazer a correção.”

Veja abaixo os comentários: