Os federais dizem que 50 Cent nunca lhes enviou um “relatório de investigação”.

O TMZsoube que um “relatório de investigação” que se acredita ter sido feito com a ajuda de 50 Cent é completamente falso. Durante muito tempo, muitas achavam que 50 Cent disse teria ajudado como informante de uma investigação contra Jimmy Henchman, como informantes incriminando seu inimigo de longa data no processo.

Por uma questão de clareza, nada disso é factual, mas sim um boato iniciado por alguém dentro do departamento. Um relatório publicado em novembro de 2016 parecia implicar que 50 Cent havia oferecido sua ajuda à aplicação da lei para ajudá-los a esclarecer os detalhes do novo julgamento de Henchman. Um post reacionário que 50 Cent publicou no Instagram é provavelmente o que contribuiu para essa crescente suspeita, que já foi desmascarada.

Independentemente disso, os federais já informaram ao TMZ que 50 Cent não falou com eles em nenhum momento, com relação ao papel suspeito de Henchman no plano de assassinato que terminou com a morte do associado da G-Unit, Lodi Mack.

A narrativa foi mais ou menos assim: muitas pessoas pensavam que Henchman tinha razão para buscar vingança pela humilhação de seu filho, que havia sido abordado por Tony Yayo e Mack em algum momento de 2007. Henchman já foi condenado a prisão perpétua por sua culpabilidade no assassinato.