Nicki e 6ix9ine zombaram daqueles que não acreditavam que a música iria estrear no topo.

Parece que já faz um mês desde que Tekashi 6ix9ine e Nicki Minaj lançaram “TROLLZ”, embora tenha passado apenas um pouco mais de uma semana. Naquela semana, Nicki e 6ix9ine, mas principalmente a última, enviaram lembretes diários aos fãs para transmitir a música, a fim de alcançar o primeiro lugar na Billboard Hot 100.  Agora soubemos que ela fez sua estréia no topo da Billboard, marcando a 1° para 6ix9ine e 2° hit no topo da Billboard para Nicki Minaj.

Embora tenha havido dúvidas, eles conseguiram. “TROLLZ” é oficialmente o single número um na América, embora não tenha havido muitos canais de rádio ou listas de reprodução ajudando a impulsionar a faixa. Em resposta às boas notícias, Nicki e 6ix9ine responderam nas mídias sociais com bastante emoção. Nicki basicamente compartilhou um clipe de 25 segundos no Twitter, rindo loucamente usando o recurso de voz recém-lançado. Foi isso. Esse foi o tweet.

Tekashi, por outro lado, canalizou a energia de um lutador da WWE nos anos 90. Batendo no peito com uma garrafa de champanhe para comemorar o momento, ele declarou: “NÃO POSSO PARAR”. Na legenda de publicação o artista escreveu “número #1 na Billboard. Você não pode me parar. Você não pode me boicotar. Eu não falei pra você!!!!!!!!!!! Sem tocar em estações de rádio (zero plays) @applemusic @spotify @thelarryjackson @carlchery não deram pra gente espaço em nenhuma playlist do Spotify e Apple Music. Eles tentaram com tanta força empurrar o som de outra pessoas. Deixe o mundo saber o que vocês fizeram! Você não pode me parar, eu sou uma estrela muito grande. Ah, e todos fã clubes que se uniram para tentar me barrar na Billboard, eu vi também. Estreia no número #1 sem nenhum de vocês. Haters, veja isso 1 milhão de vezes, hater, hater. Você pode falar o que quiser, eu sou número 1, e você não pode tirar isso de mim, eu fui contra a indústria da música e venci!!!! @nickiminaj, nós somos a po##a dos monstros dessa me##a. Eu amo você”.

Infelizmente para o resto de nós, ele planeja fazer um discurso de uma semana para comemorar como ele havia dito. Para seu crédito, ele aconselhou as pessoas a deixarem de segui-lo.