Akon explica por que ele acha que a carreira de T-Pain estagnou

54

Akon assinou T-Pain com a Konvict Music muitos anos atrás e agora refletiu porque o ícone de autotune supostamente estagnou.

Ele é um artista vencedor do Grammy com uma série de clássicos em seu currículo, mas Akon acredita que T-Pain poderia ter alcançado muito mais do que ele já realizou. “Bartender”, “I’m Sprung” e “Buy U a Drank” são apenas alguns dos hits favoritos de T-Pain que podem fazer um club pular e Akon ajudou a lançar a carreira do cantor depois de contratá-lo para a Konvict Music naquela época.

Agora, Akon refletiu sobre quase criar um supergrupo com T-Pain e Pharrell,, mas não deu certo. Durante a conversa com a VladTV, o apresentador argumentou que Future assumiu o lugar de T-Pain na indústria e perguntou a Akon por que ele acredita que isso aconteceu com o artista.

Ambos concordaram que T-Pain é extremamente talentoso, mas examinaram “por que as pessoas pararam de ouvir ele da mesma maneira” como faziam no passado. Akon disse: “Acho que uma das principais razões é que o T-Pain nunca saiu da quebrada. Ele apenas confinou sua música à música urbana … Foi isso. Eu vi o T-Pain como outro eu, para ser capaz de cruzar fora do urbano. Vá para o pop, vá para o EDM, vá para a latina – eu ainda acho que até hoje ele ainda pode fazer isso.”

Akon acrescentou que nesta fase da carreira de T-Pain, ele o aconselharia a tentar sua sorte no mercado latino. “Você e eu sabemos melhor do que ninguém, o público urbano não é leal”, disse ele. “Todos os anos há um novo cara. Todos os anos. Então, você tem que aproveitar ao máximo, maximizar sua presença urbana e, assim que esse nova cara entrar, você sai. Não dura o suficiente, a menos que você continue a se reinventar.”

Este tem sido um argumento que muitos têm tido há algum tempo contra os fãs de hip hop e rap.