Seguir

Akon revela planos que tinha com Michael Jackson para o sistema educacional da África

Capa Akon e Michael Jackson Capa Akon e Michael Jackson
Foto: Reprodução

Akon e Michael Jackson conversaram muito sobre os talentos não descobertos na África antes da trágica morte de Jackson em 2009.

Michael Jackson foi capaz de alcançar inúmeras conquistas ao longo de sua carreira de décadas, mas, mesmo com todos os prêmios, títulos, turnês e seu crescente status de celebridade, ele não realizou tudo o que havia planejado antes de sua vida ser tragicamente interrompida aos 50 anos em sua casa em Los Angeles. O TMZ conversou com Akon em Nova York no início deste mês, quando o artista revelou que ele e o Rei do Pop tinham grandes planos para trazer o poder da música para o sistema educacional da África.

De acordo com Akon, ele e Michael Jackson queriam fornecer aos alunos não apenas instrumentos para ajudá-los a contar suas histórias, mas também a infraestrutura e o sucesso da indústria necessários para ajudá-los a chegar ao topo. Jackson e seu amigo conversaram sobre o talento não descoberto que vive na África e as maneiras pelas quais eles poderiam usar seus trabalhos para permitir que suas estrelas brilhassem.

As melhores de Akon: relembre as músicas do rapper senegalês
Foto: Reprodução

Infelizmente, o hitmaker de “Smooth Criminal” faleceu em 2009 depois de sofrer uma parada cardíaca devido a uma combinação fatal de drogas dadas a ele por seu médico pessoal. Ele e Akon, é claro, nunca conseguiram realizar seus sonhos – mas o último ainda está fazendo tudo o que pode para que isso aconteça por conta própria.

Enquanto conversava com o TMZ, Akon também teve um momento para falar sobre a reputação manchada de seu falecido amigo, apontando que seus atos de boa vontade musical na África provam que tipo de pessoa ele realmente era.

Além disso, no inicio deste mês, Akon disse que a dedicação de Michael Jackson na música o levou a ser viciado em remédios. “Ele estava tão feliz e animado que estava prestes a ir a Londres e fechar essas 50 datas e lembrar ao mundo quem ele era e qual era seu valor para a música pop. Ele nem dormia. É por isso que ele estava tomando pílulas para dormir, porque estava muito excitado.”

Confira abaixo o vídeo no YouTube: