Após Justin Bieber, Ferrari proíbe família Kardashian de comprar e dirigir carros da marca

Capa Kardashians

Foto: Reprodução/Instagram/Hulu

Kim Kardashian e sua família foi proibida de dirigir carros da marca italiana

A família de Kim Kardashian agora entrou para o grupo cujos quais a montadora italiana se reserva ao direito de não vender seus carros para manter sua imagem de respeito conquistada no mercado. A fabricante italiana de carros de luxo espera que seus compradores sigam certas regras e, se não o fizerem, os proprietários de carros serão proibidos de fazer compras futuras.

Não foi divulgado o motivo determinado, como no caso de Justin Bieber, para que a família não pudesse mais adquirir modelos da Ferrari. Porém, de acordo com o jornal espanhol Marca, a fabricante comunicou que não venderá mais carros aos Kardashians. Outro famoso que também não pode adquirir os carros de luxo é o ex-boxeador Floyd Mayweather, que costuma customizar seus carros assim como Bieber fez sem a autorização da marca de Maranello.

Foto: Getty Images

Como já dito, Justin Bieber foi proibido pela Ferrari de comprar e dirigir carros da marca italiana. Caso você esteja tentando imaginar que parte da longa lista de desastres de relações-públicas de Bieber incomodou tanto a Ferrari a ponto de dar um passo tão drástico, o que ele fez foi perder temporariamente sua Ferrari 458 Italia por algumas semanas!

O incidente aconteceu com Justin Bieber em 2015, quando ele havia esquecido completamente onde havia estacionado sua Ferrari azul neon depois de uma noite de festa em Beverly Hills. Segundo relatos, a estrela pop não foi buscar seu carro personalizada por várias semanas, o que nos leva a outra razão pela qual a marca de luxo ficou irritada com Bieber. A empresa italiana acredita firmemente que os supercarros que saem de suas fábricas são obras de arte que não devem ser alteradas de forma alguma.

A maneira mais fácil de irritar a Ferrari é modificar ou personalizar seus carros sem consentimento. Bieber não prestou atenção a isso e conseguiu sua Ferrari 458 Italia F1 Edition 2011 personalizada por ninguém menos que West Coast Customs, que incluía pára-lamas alargados, um envoltório azul neon, aros de reposição e muito mais. Isso é uma bandeira vermelha imediata para a Ferrari, pois a marca trata isso como sacrilégio.

Sair da versão mobile