Batalha de Mc’s é encerrada a tiros pela PM em Cabo Frio

Batalha do Forte tinha total autorização para acontecer na cidade

A principal roda cultural da cidade de Cabo Frio, na Região dos Lagos do Estado do Rio de Janeiro, conhecida como Batalha do Forte, foi parada de forma violentíssima a base de tiros por parte da polícia militar na noite da última quinta-feira (5). Por meio das suas redes sociais, a Batalha do Forte  publicou alguns vídeos mostram a ação truculenta de agentes, armados com fuzil, que atiram para cima e contra os equipamentos de som do evento.

Taz Mureb, rapper e Superintendente da Secretaria de Cultura, falou sobre o caso. “Essa batalha está rolando toda terça-feira numa área nobre da cidade e não dá nenhum problema. Tem o aval da Prefeitura e o apoio da Secretaria de Cultura. Terça agora falei com os PMs que chegaram na batalha. Ficou tudo bem Ontem teve a mesma batalha, mas em uma comunidade. Os PMs chegaram dando tiro nos equipamentos de som!!! Tapa na cara de morador, tiro .. cheio de criança”, revelou.

Pelos vídeos, é possível ver as crianças na praça localizada na rua Guianas – Jardim Nautilus, no bairro Manoel Correia. Um dos organizadores da batalha de rima teria ido conversar com um PM. No vídeo, um agente agride o rapaz, atira para o alto e, em seguida, contra os equipamentos de som.

A Secretaria de Estado de Polícia Militar informou para o portal R7 que um procedimento interno foi instaurado para apurar a situação ocorrida na praça. “Os policiais militares envolvidos na ocorrência estão sendo ouvidos na sede do batalhão local”, disse.

Confira o comunicado abaixo:

Sair da versão mobile