Seguir

Bril conta que já foi viciado em Crack: “Aconteceu muito rápido”

O Rapper Bril do selo Pirâmide Perdida, é um dos artistas do selo que recebem mais destaque pelos fãs nas Redes Sociais. Nascido e criado no Rio de Janeiro, o Rapper nascido no Bairro da Glória, deu uma entrevista com a rapaziada do Raplogia onde conversaram sobre diversos assuntos, chegando até um bastante delicado, seu envolvimento na adolescência com drogas pesadas.

Na Entrevista, Bril revela que foi usuário de Crack e que teve que morar um tempo fora da Glória, bairro do Rio de Janeiro, para poder deixar o vício.

“Na época que eu morei aqui na infância foi a vivencia, praticamente eu vivi na rua, passava mais tempo na rua do que em casa, as vezes acordava 12:00, em meia hora me arrumava e voltava 3,4 dias depois… Fui muito influenciado pela adolescência do meu bairro, vi muita coisa acontecendo, passei muitas coisas sozinho, tendo que correr atrás das paradas sozinho pra poder sustentar meu vício, e quando você tá viciado você tem tem que curtir a parada se não você acaba fazendo outro tipo de coisa.” conta o membro da Pirâmide Perdida.

“Pra mim foi muito ruim passar a adolescência aqui, o morro do Santo Amaro foi um dos primeiros morros que chegou o crack na Zona Sul, eu lembro do primeiro dia que chegou, e foi muito rápido, e por isso eu tive que sair daqui pra conseguir parar o vício, passei minha adolescência toda aqui usando e foi uma parada que me fez mal, então eu fui pra Jacarepaguá, fiquei lá um ano e meio e depois voltei”

 

Você pode conferir a parte em que Bril fala sobre a partir dos 20:00, Veja abaixo na entrevista em que ele fala pela primeira vez sobre a faca e conta que BK salvou sua vida ao incentivar a rimar