Seguir

Artistas da GR6 se unem em set contra o racismo homenageando Vini Jr

Fotos: Reprodução/Instagram

O projeto musical destinado ao Vinícius Júnior contará com grandes nomes como MC IG, Hariel, Ryan SP, KayBlack e Alok.

Em maio do ano passado, repercutiu mundialmente o caso em que Vinícius Júnior foi alvo de racismo por parte da torcida do Valencia, com a partida chegando a ser interrompida devido aos gritos de “mono”, que significa macaco em espanhol.

A situação de injúria racial causou inúmeros desdobramentos, como a gravação de um documentário sobre o atacante de 23 anos de idade pela Netflix. Nos últimos dias, um novo anúncio envolvendo o acontecimento foi feito.

Através dos MC’s IG, Hariel, Livinho, Don Juan, Davi, Ryan SP e PH; os produtores Alok, LT No Beat e DJ Murilo; e os rappers Vulgo FK e KayBlack; a GR6 está trabalhando num set em homenagem para o atleta, que, inclusive, já chegou a reagir às prévias, afirmando que está “ficando brabo”.

Fotos: Reprodução/Instagram

Me chamou de macaco, então sou King Kong / Por isso eu faço estrago na mente de um monte / Ninguém inveja o feio, ninguém odeia o fraco / Vários bate nas costas / Precisou, se esconde / Preto na cor da pele, preto em todas minhas vestes“, canta MC Davi num trecho divulgado.

A GR6 se tornou a empresa de entretenimento que mais paga imposto no Brasil, desembolsando R$ 5,5 milhões em tributos federais no ano passado, superando o montante de R$ 5,2 milhões da Time For Fun – responsável pela turnê de Taylor Swift no país -, principal empresa de entretenimento da B3, a bolsa nacional de valores.

Tendo em seu casting alguns dos MC’s mais relevantes do Brasil, como BinnLivinhoDon Juan e Dricka, a maior produtora de rap e funk da América Latina tem uma enorme contribuição pelo domínio e crescente na indústria das culturas periféricas e marginalizadas.