Seguir

Chris Brown afirma que ainda é odiado por ter agredido Rihanna aos 17 anos

Chris Brown está sofrendo críticas e resolveu falar sobre a cultura do cancelamento.

O cantor Chris Brown fez um forte desabafo nas redes sociais nesta sexta-feira (17). O artista foi até as redes sociais para fazer uma reflexão e alguns questionamentos sobre um problema antigo que é lembrado em sua carreira até hoje: o dia em que agrediu sua então namorada, Rihanna, quando tinha 17 anos.

Breezy começou o desabafo mostrando estar cansado desse cancelamento. “Se você me odeia por um erro que cometi quando tinha 17 anos, por favor vai se fud* Estou com 33 anos… cansado de vocês com essa narrativa. Esses caras são os mesmos que olham toda semana Blueface e Chrisean batendo um no outro na frente de todo mundo. Mas tudo bem, né? é entretenimento? Então chupem meu pa*”desabafou o artista.

Capa Chris Brown
Foto: Earl Gibson III/Getty Images

Chris Brown então compartilhou fotos de celebridades brancas acusadas de violência doméstica, mas que não foram canceladas. “Onde estão vocês contra artistas brancos que namoram menores de idade? Que batem em suas esposas e transmitem AIDS. Chega de amor falso sobre mim, fique fora do meu caminho, ou seja, atropelado, simples assim” disse o artista.

Recentemente o cantor iria fazer uma grande aparição no AMA, mas tudo foi cancelado de última hora por “razões desconhecidas”. De acordo com Puck, uma agência de notícias online, o desempenho de Breezy foi arquivado porque os executivos da ABC não estavam entusiasmados com “a perspectiva de um agressor doméstico condenado festejar um suposto molestador de crianças em uma rede da Disney”. Relatórios afirmam que, assim que os executivos descobriram sobre a performance, eles imediatamente retiraram a homenagem.

Veja abaixo.

Imagem

Imagem