Chris Brown não quer entregar seu celular em caso de estupro para proteger amigos e familiares

4

Brown acredita que a acusação está usando o caso como uma desculpa para acessar seus números privados.

Estamos oficialmente na contagem regressiva para o lançamento do aguardado novo álbum de Chris Brown, Indigo. O disco está previsto para sair nesta sexta-feira, e como os fãs estão se preparando para perder a cabeça à meia-noite, Brown ainda está enroscado em um processo judicial que, espera-se, chegará ao fim mais cedo ou mais tarde.

Uma mulher conhecida apenas como Jane Doe está processando Brown por uma quantia não especificada de danos alegando que quando ela foi à casa dele para uma festa, ela recebeu quantidades copiosas de drogas antes de ser agredida sexualmente por um dos amigos de Brown. Ela também afirmou que ele estava andando em torno de sua casa brandindo armas de fogo.

Brown nega veementemente suas alegações e cooperou totalmente com a investigação, permitindo que os funcionários da justiça concluíssem uma reconstituição do suposto crime em sua casa. Agora, de acordo com o The Blast, a acusação pede que Brown entregue seu celular para possivelmente rastrear mensagens que foram enviadas na noite em questão.

O The Blast afirma ter obtido documentos judiciais em que Brown está recusando o pedido porque teme que Doe tenha acesso total aos números privados de seus famosos amigos e familiares. Nos documentos, Brown afirma que o pedido é uma forma de assédio. Um juiz ainda tem que decidir sobre o assunto.