donald glover miles morales donald glover miles morales

Como Donald Glover influenciou a entrada de Miles Morales no universo de filmes da Marvel

Miles Morales foi criado a partir de debates e campanhas que Donald Gloover participou.

O Universo Ultimate da Marvel foi encerrado em 2015, fazendo com que a companhia americana de entretenimento buscasse encontrar um novo meio, o Universo 616, que marcou o início de Miles Morales, que estreou nos quadrinhos em 2011, como Homem-Aranha. No filme Homem-Aranha: De Volta ao Lar, lançado em 2017, Donald Glover interpreta Aaron Davis, o Gatuno, tio de Miles.

Após ações relembradas, o jornalista Pedro Sobreiro, do site Cine Pop, abordou a influência de Glover na criação do jovem negro da América Latina, Miles Morales, que ganhou popularidade em 2018, com o lançamento de Homem-Aranha no Aranhaverso, que teve seu novo filme lançado recentemente. Donald Glover aparece novamente em Homem-Aranha: Sem Volta Para Casa, de 2021, entretanto, sendo indiretamente citado na brincadeira entre Electro e Peter Parker, criando a possibilidade de existir um Homem-Aranha negro em algum lugar do universo.

Homem-Aranha de Miles Morales: Origem, poderes e mais

Na década passada, a Sony passou por uma crise financeira e, diante do cancelamento de Homem-Aranha 4, anunciou que aconteceria um reinício na franquia do herói Sam Raimi, com a interpretação de um novo ator em um outro universo. Ciente da notícia, o jornalista, roteirista e quadrinista Marc Bernardin, em maio de 2010, argumentou que talvez tivesse chegado o momento do Homem-Aranha ser interpretado por um negro ou latino.

O assunto, que já havia sido pautado na Marvel em 2008, quando Barack Obama se tornou presidente dos Estados Unidos, ajudou com que Glover iniciasse um movimento nas redes sociais que para que se tornasse o novo intérprete do personagem, mas o escolhido foi Andrew Garfield. Com a repercussão, o principal idealizador do Universo Ultimate, Brian Michael Bendis, substituiu Peter Parker por um jovem parecido com Donald Glover, o Miles Morales.

O mais curioso de terem escolhido Donald Glover para viver a versão Live Action do tio de Miles é que ele é um tipo de padrinho do personagem na vida real, sendo intrinsecamente ligado ao herói em diferentes mídias. A primeira, e talvez mais importante, ligação dele foi ter servido de inspiração para a criação do próprio Miles Morales.