DaBaby responde pessoas que dizem que suas músicas parecem sempre as mesmas

722

O rapper está pronto para a temporada de votação do Grammy e diz se se sente pressionado ou não a mudar seu flow.

Este ano está passando rapidamente à medida que nos aproximamos da última semana de setembro, e é difícil acreditar que estamos entrando na temporada de votação do Grammy. Para ajudar na contagem regressiva, a Rolling Stone está conversando com artistas que têm uma boa chance de receber um aceno para o evento de 2021, incluindo DaBaby.

O rapper assumiu o controle da maior parte do ano com seu single nº 1, “Rockstar”, acompanhado por Roddy Ricch, e DaBaby está pronto para ganhar o Grammy depois de ter sido indicado no ano passado. Ele pode não ter levado para casa o troféu de 2020, mas o rapper disse à Rolling Stone que ele tem falado sobre ter um prêmio Grammy desde o início de sua carreira. O ícone da Carolina do Norte também discutiu as críticas sobre sua música soar igual e compartilhou se ele se sente pressionado a mudar as coisas ou não.

“O fato é que venho fazendo discos assim desde antes do primeiro disco”, disse DaBaby. “Eu tenho feito discos crossover, discos diversos. Como este é meu terceiro álbum em 12 meses, pensei que naquele ponto os fãs estariam prontos. No final do dia, eles percebem como eles absorvem. Eu nunca tive medo de pular na água. Se houver um estilo de música que eu possa seguir, farei isso. Quero ir além e crescer como artista. Agora, estejam os fãs prontos ou não para crescer comigo, isso é algo que eu tenho que descobrir em retrospectiva. Eles não sabem o que precisam até que você dê a eles.”

Se você está cansado de ouvir de DaBaby, um artista que lançou vários projetos no período de um ano, ele disse que não tem planos de desacelerar tão cedo. “Algumas pessoas esperam porque têm de esperar. Felizmente, não fui colocado nessa posição. Tive luz verde e tudo o que larguei foi quente. Se eu não lançasse música nova, não haveria ‘Rockstar’. Eu ainda estaria tentando superar ‘Suge’. ”

Você pode conferir a entrevista completa aqui.