Derek e Dfideliz disseram que por muitos anos o rap nacional foi dominado por artistas brancos.

Na última semana, noticiamos uma historia muito louca que Derek e Dfideliz compartilharam quando foram convidados do programa Flow Podcast. Os artistas da Recayd Mob participaram uma semana após Jé Santiago e Mc Igu, outros integrantes do grupo, também comparecerem ao podcast que vem convidando muitos rappers. Os artistas falaram sobre diversos assuntos e um dos que ganharam destaque foi a história de shows que deram errado em Curitiba.

Em resumo, Derek e Dfideliz ficaram sem hospedagem e alimentação na capital paranaense após um promotor de eventos furar com os rappers. A dupla recebeu ajuda de, segundo eles, um “real gangsta” da cidade que teria cedido sua casa para hospedar os artistas em troca de um “feat”. Além disso, os membros da Recayd afirmaram que não tinham o que comer e que Derek foi acordado com uma arma na cara em certo ponto.

Outro trecho da conversa que chamou bastante a atenção, foi quando os rappers da Recayd falaram sobre a importância do sucesso do grupo para o empoderamento negro dentro do Rap. Derek e Dfideliz disseram que por muitos anos o rap nacional foi dominado por artistas brancos e com a chegada de BK’, Djonga e da própria Recayd, a história foi mudando.

“A gente é um grupo onde a maioria dos integrantes é negra, a gente é empoderado, não abaixa a cabeça pra ninguém. Fazia quanto tempo que você não via um grupo de pretos estourar no rap?”, começou a dupla. “De 2014 a 2020 o rap foi branco, depois da era Emicida, foi tudo branco. Aí, graças a Deus, veio o Djonga, BK’…”, completaram.

Escuto o podcast completo abaixo.