Seguir

Diddy afirma que R&B está morto após perder seu propósito

Capa Diddy Capa Diddy
Foto: Evan Agostini/Invision/AP/Shutterstock

Diddy e Timbaland entraram em um debate acalorado sobre se o R&B está oficialmente “morto”.

Diddy e Timbaland discutiram se o gênero R&B está “morto” durante um acalorado debate em uma live no Instagram na noite de quarta-feira. Diddy afirmou que o gênero perdeu o contato com seu propósito, explicando que R&B é sobre fazer você “sentir sua vulnerabilidade”.

“O R&B está morto pra caralh* agora”, disse Diddy durante a transmissão. “O R&B que eu ouvi fazendo meus filhos? O R&B tem que ser julgado pelo seu propósito – é o sentimento, porém não de ser cachorro. Não não não. É um sentimento. Você tem que ser capaz de cantar para fazer R&B e então você tem que dizer a verdade. R&B não é uma agitação. Essa merda é sobre sentir sua vulnerabilidade.”

Ele continuou: “Você tem que deixar o p*u duro ou a vagina de uma mulher molhada. Você tem que chorar. Você tem que ser capaz de ter sua garota de volta. Eu não quero ouvir toda essa besteira de agora […] A culpa é nossa por aceitar qualquer coisa de alguém que usa um microfone. Eu sinto que houve uma morte lenta do R&B, e eu faço parte de trazer essa merda de volta! Eu não estou sentindo nenhuma emoção.”

Timbaland, por outro lado, discordou de Diddy, mas lutou para conseguir muitos pontos durante o debate. Quando solicitado a nomear cinco artistas de R&B que poderiam cantar sem Auto-Tune, o produtor icônico teve dificuldade de achar os nomes, ao que Diddy respondeu: “O R&B não soa muito vivo. Você nem sabe o nome de ninguém.”

Diddy também falou com Mary J. Blige sobre sua opinião, com a lendária cantora mencionando seus artistas favoritos como Chaka Khan, Etta James, Sam Cooke, Aretha Franklin, Jazmine Sullivan e SWV. Diddy lançou uma nova gravadora de R&B recentemente e está investindo para trazer o gênero de volta ao topo da indústria da música.

Veja a conversa abaixo: