Djonga rebate criticas após aparecer em foto com Lula

Djonga não poupou palavras contra o público bolsonarista.

Djonga, parece não ter agradado alguns fãs ao compartilhar foto no story do seu Instagram do seu encontro com o ex-presidente Luiz Inácio Lula Da Silva. Dias depois, Djonga, foi para as suas redes sociais para rebater os fãs que criticaram sua postura. Por meio do Instagram, o artista reafirmou o voto no petista nas eleições deste ano e ainda deu um puxão de orelha no público que vota no Bolsonaro.

“Eu nunca gostei de me envolver na política institucional. Sempre preferi fazer e continuo fazendo política no dia a dia, nas músicas, na minha área e em diversas ações que nós não fazemos a menor questão de divulgar Acredito até morrer que a arte é para incomodar e para questionar quem estiver no poder, o poder é para ser questionado, toda forma de poder”, começou a falar o artista, que continuou.

“Isso não significa se isentar das decisões que têm que ser tomadas para agora. Não sejam inocentes. E outra, público do rap: qual é a sua? Vocês não estão ouvindo essa p*rra não? Por algum momento vocês acharam que eu votaria no Bolsonaro?”, indagou. Recentemente Djonga fez manifestação contra o presidente Jair Bolsonaro durante a sua apresentação no festival Lollapalooza. Ele desobedeceu à ordem do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que proibiu manifestações políticas durante o evento, em São Paulo. 

Na ocasião, o rapper pediu para as pessoas levantarem o dedo do meio e pensar em alguém que não gostassem, o público respondeu gritando o nome de Bolsonaro, então ele falou: “Não pode falar. Já que não pode, vamos falar, porque eu gosto de desobedecer, eu odeio o Bolsonaro, quem gosta é problema seu”, disse.

Sempre crítico do governo, o rapper quer resgatar o orgulho dos brasileiros de vestir a camisa da seleção. Para isso, no  mês passado ele fez um show no Mineirão usando a camisa e deu o papo: “Com essa camisa aqui é mais gostoso de ouvir vocês gritando, porque os caras acham que tudo é deles, eles se apropriam do tema família, eles se apropriam do nosso hino, eles se apropriam de tudo, mas é o seguinte, é tudo nosso, e nada deles”, disparou.

Veja abaixo.

Sair da versão mobile