Djonga lembrou alguns nomes no qual ele aplicaria uma voadora.

Em 2018 o rapper mineiro Djonga lançou o single “A Música da Mãe” que chegou acompanhada de um videoclipe, o visual rapidamente viralizou na web, mas não foi tanto pelos seus versos que falam sobre o machismo, racismo, violência policial e outros problemas enfrentados pelas minorias, e sim pelo rapper aparece aplicando uma ‘voadora’ em um menino branco.

Desde então a ‘voadora’ do rapper é bastante comentada na internet, com muitos fãs imaginando quem deveria receber uma voadora do artista mineiro. Agora, em entrevista para o canal Rap TV para promover seu novo álbum “Histórias Da Minha Área”, Djonga foi questionado em um trecho da entrevista sobre quem ele aplicaria uma voadora, e o rapper mineiro respondeu sem pensar duas vezes. “Thiago Neve, Daniel do BBB, só para agradar meu público, e o Bolsonaro” diz o rapper, sem pensar duas vezes.

Em outros trechos da entrevista, Djonga fala sobre a criação de seu novo disco que foi lançado neste mês. “Para gravar meu álbum eu tive que lembrar de muita coisa que não foi positiva, tive que lembrar de injustiça que eu passo e que várias pessoas passam, pessoas que foram muito cedo, tive que lembrar de muita coisa que me revoltou na infância e eu não sabia nem direito o que era” explica.

Djonga também fala sobre o presidente da Republica Bolsonaro e diz que acha ele muito bobo. “Acho ele é um bocozão, muito bobo, bobo mesmo… o grande lance é que as pessoas gritam, mas não tem um debate sério e maduro a respeito de política em nosso país. A gente já sabe quem está do nosso lado, quem não está… acho que o discurso está muito mais voltado para o entretenimento e esquece o que estão acontecendo na nossa cara” diz Djonga, afirmando que as pessoas deveriam estudar mais sobre política.

“Não é só mandar o Bolsonaro tomar no cu, tem um tanto de coisa rolando por trás desse ‘jogo’… então temos que procurar estudar e saber mais sobre política… isso é um puxão de orelha em todo o mundo, não adianta a gente só chegar e mandar ele tomar no cu e no outro dia fazer as mesmas coisas que sempre… Bolsonaro é um bocó, e um dos perigosos… e tem um tanto que é assim também e estão passando batido” diz o rapper.

Você pode conferir a entrevista de pouco mais de 20 minutos abaixo.