Foto: Larissa Zaidan

Música propõe uma reflexão e desconstrução da imagem de case sucesso, muito comum no rap atual.

A sensação de não pertencimento, uma ambição que não cabe no peito, a vontade de meter os dois pés na porta e o questionamento de tudo o que está ao seu lado são alguns dos temas que Don L rima em “Não Escute Meus Raps”, faixa lançada nesta quarta-feira (24) e primeiro single do artista em 2019.

Como é de se esperar do rapper, o som não é apenas um modo de Don L se assumir e colocar as cartas na mesa, mas também uma forma de ironizar um modelo pré-estabelecido no rap, que trabalha com uma espécie de formula do sucesso e que é repetido por outros artistas. Em “Não Escute Meus Raps”, o rapper sugere a reflexão e a desconstrução dessa imagem, para chegar em outro caminho.

“Acho que eu sempre tive essa dose de ironia na minha obra. A vida real é assim, cheia de contradições, coisas que você não pode aconselhar pra ninguém mas faria de novo. Acho importante essa desconstrução desse lance de “cases de sucesso”, do cara que tem foco na vida, que sabe o que quer. Essas idéias são repetidas um milhão de vezes e só levam pro mesmo caminho, porque é o único caminho conhecido. Eu não sei de outro caminho também, tô descobrindo ainda”, conta Don.

A música com beat de Deryck Cabrera recebeu um lyric feito com artes que se relacionam com o som feitas pelo Flávio Oliveira e que teve animações criadas por Marco Teixeira. Confira abaixo.