ADVERTISEMENT

Estudo revela que música se tornou mais triste nos últimos 30 anos

Liste suas dez melhores músicas favoritas e depois pergunte a si mesmo se elas são felizes ou tristes. Isso é o que pesquisadores da Universidade da Califórnia em Irvine fizeram quando analisaram 500 mil músicas lançadas no Reino Unido entre 1985 e 2015 e depois as classificaram pelo humor. “‘A felicidade’ está diminuindo, ‘o brilho’ está diminuindo, a ‘tristeza’ está aumentando e, ao mesmo tempo, as músicas estão se tornando mais ‘dançantes’ e mais ‘parecidas com festas'”, relatou Natalia L. Komarova. para a Associated Press .

Os pesquisadores enfatizam que estão procurando as tendências nas propriedades acústicas e os estados de espírito que descrevem os sons. Isso não quer dizer que todas as músicas populares em 1985 foram felizes e todas as músicas populares em 2015 foram tristes. Canções com um índice de baixa felicidade em 2014 que foram muito populares foram “Stay With Me” de Sam Smith, “Whispers” de Passenger e “Unmissable” de Gorgon City.

De acordo com a pesquisa, o público prefere músicas mais felizes, apesar de mais canções tristes estarem sendo lançadas. Os gêneros mais bem sucedidos da música são pop e dance, enquanto o rock tem visto uma “clara queda” desde 2000. “Então, parece que, enquanto o clima geral está ficando menos feliz, as pessoas parecem querer esquecer de tudo e dançar” Natalia acrescentou.

Estudo revela que música se tornou mais triste nos últimos 30 anos
Vote

Related Posts

Login to your account below

Fill the forms bellow to register

Retrieve your password

Please enter your username or email address to reset your password.