Ex-esposa de Dr. Dre é acusada de desviar R$ 1,9 milhão da gravadora do rapper

706

A gravadora de Dr. Dre diz que Nicole Young “dizimou” a conta bancária da empresa depois de assinar um contrato de para si mesma.

O divórcio é complicado, mas sempre é pior quando o tribunal da opinião pública está envolvido. Dr. Dre e sua ex-esposa Nicole Young estão brigando no tribunal desde que ela pediu o divórcio. Ela o acusou de violência doméstica, alegando que não havia nenhum acordo pré-nupcial assinado e aparentemente está pedindo US$ 2 milhões de pensão por mês.

A última reclamação é que Dr. Dre escondeu seus bens antes de ir ao tribunal, mas aparentemente ela agora está recebendo acusações de crimes financeiros.

De acordo com o TMZ, a Record One, uma gravadora fundada por Dr. Dre e Larry Chatman, onde Young serviu como fiduciário e signatário da conta principal do negócio, agora está acusando Nicole de peculato.

A advogada da empresa, Ed McPherson, afirma que ela “dizimou” a conta da empresa após assinar um cheque de US$ 353.571,85 (R$ 1,9 milhão) para si mesma. McPherson enviou uma cópia do cheque assinado por Nicole, a acusando de “desvio criminoso flagrante e injustificável de fundos corporativos”. Dre e seu sócio querem que o dinheiro retirado da conta seja devolvido até terça-feira ou então a levarão ao tribunal.

“Este é apenas um golpe de relações públicas de baixo grau de Andre e sua equipe para tentar mudar o fato de que ele foi pego em flagrante e processado por tentar enganar Nicole para fora da propriedade comunitária a que ela tem direito”, Bryan Freedman, advogado de Young, disse. “Não há dúvida de que Nicole tinha o direito contratual e legal de ter tomado essa ação e a equipe de André está bem ciente desse fato. Qualquer sugestão de que ela fez algo desagradável é absurda e patética.”

Manteremos você informado sobre quaisquer atualizações.