A dupla formada por MaykLOve e Xang fechou com a Epic Records.

A gravadora norte-Americana EPIC RECORDS, responsável por grandes nomes da música mundial, como Travis Scott. 21 Savage, DJ Khaled, Future, Camilla Cabelo, Outkast e muito mais,  busca artistas brasileiros para testes e investimentos, e iniciam com o BONDE R300 um novo ciclo de trabalho. A notícia foi obtida com exclusividade pelo Portal RAPMAIS.

O grupo “Bonde R300” faz trap e funk, e é dono de vários hits, entre eles o sucesso ‘OH NA NA NA’, com mais de 300 milhões de streams nas plataformas digitais. O convite surgiu em meio a pandemia, onde o BONDE R300 procurava um acordo de distribuição de seu novo EP “Tá com Saudade”, a EPIC RECORDS teve acesso ao material do álbum, e fizeram uma proposta melhor do que eles procuravam. Foi oferecido ao BONDE R300 um Advanced de investimento, de valor ainda não divulgado, afim de alcançar bons feitos com as músicas do álbum.

Também existem materiais vazados, que comprovam a atuação do grupo em conjunto com o Studio Sound Black na gravação do vídeo “Tá com Saudade”. Produção que conta com a presença do Estilisty Rubinho, Diretor criativo da grife Rolé, marca conhecida, por sua moda street Jovial.

Com valor investido pela EPIC RECORDS, o grupo pode contratar a empresa SB Connect para cuidar de tudo a que se refere ao marketing artístico dos dois, afim de trazer uma nova identidade visual para o grupo. Um pouquinho do que esta por vir, desta parceria com BONDE R300 com a EPIC RECORDS, é o single “ninguém entende nada”.

Em entrevista com o grupo Bonde R300, MaykLove diz: “Ah nois tamo aí” né, os caras vieram de fora pra investir uma “beira”, “nois tava” no ápice da pandemia, sem show, procurando um acordo pra distribuir o EP, os caras ouviram e gostou. Deram um feedback rápido, “ai nois já chamamo” a advogada pro churrasco, debatemos as ideias, e aceitamos a oferta da EPIC em fazer um teste.”

Xang complementa: “É isso ai, agora é gravar muita música, clipe, “e nois ta canetando”, “muitas mudanças pra 2021, pode acompanhar.” Kkk (risos)