Grupo Migos é processado por supostamente ter roubado “Walk It Talk It”

Parece que deu ruim pro Migos nessa.

Desde que chegaram, os Migos lançaram muitas músicas icônicas. “Versace”, “T-Shirt”, “Bad And Boujee”, “Stir Fry” e outras imediatamente vêm à mente. Outra de suas faixas mais populares é “Walk It Talk It”, que foi lançada como parte do álbum Culture II deste ano e conta com uma grande participação, Drake. A música recebeu um dos melhores vídeos de todo o ano e, apesar de as pessoas em todo o país ainda estarem escutando a faixa em suas playlists, o trio pode ter sido influenciado por uma fonte externa para criar sua versão do hit.

De acordo com o TMZ, o grupo de Atlanta está sendo processado por Leander C. Pickett, que se apresenta como MOS ou DJ Folk, por violar uma música que ele lançou há dez anos. As informações apresentadas na ação aparentemente apontam para a versão do Migos sendo mais um cover do que uma música original, já que os refrões são quase idênticos.

MOS lançou “Walk It Like I Talk It” em 2008 em uma mixtape depois de gravá-la no ano anterior e ao ouvir ambas as faixas, você não pode negar as semelhanças. Pickett diz que percebeu em janeiro de 2018 que os Migos tinham uma música com um título extremamente similar antes de ouvir e perceber que eles usaram uma “porção substancial” de sua versão.

Pickett entrou com uma ação contra o Migos e a Capitol Records, pedindo dinheiro porque acredita que eles roubaram uma de suas obras. De acordo com a publicação, ele pediu um copyright de sua versão depois que o Migos lançou “Walk It Talk It” em março de 2018. Manteremos você informado sobre quaisquer atualizações.

Confira a faixa de MOS abaixo.

Sair da versão mobile