Hit-Boy falou sobre suas frustrações com Kanye West em uma entrevista para a GQ Americana.

Depois de dizer que Yeezy cortou os laços com ele após ele produzir para Beyoncé em um post no Instagram na quarta-feira (16 de setembro), o produtor vencedor do Grammy compartilhou mais sobre seu relacionamento problemático com Kanye West.

“Honestamente, mano, houve pontos em que eu fiquei quase louco com isso, cara”, Hit-Boy disse à GQ. “… A percepção geral das pessoas depois que parei de trabalhar com a GOOD MUSIC era que eu basicamente não estava fazendo mais merda nenhuma. É como se sumisse todos os anos que eu fiz grandes articulações” explica.

Hit-Boy admitiu que a falta de reconhecimento o incomodava. Ele também sentiu que isso afetou sua carreira, falando sobre seus sentimentos em ficar como segunda opção. “Mesmo quando eu estava fazendo ‘Nigg*s in Paris’ e todos esses álbuns, você nunca ouviu Kanye em entrevista mandando um salve pra mim”

“Eu nunca tive nenhuma tag [de produtor], então as pessoas não sabiam quem era eu”, ele explicou. “Mesmo com uma tag, as pessoas ainda podem não conectar com a parada que você faz. Então é uma batalha difícil, cara. E finalmente fui capaz de lançar alguma luz sobre como me sinto sobre isso. Eu sinto que a maioria das pessoas teria sido tipo, ‘Foda-se Kanye’ Mas eu tentei apenas colocar de uma forma que as pessoas pudessem digerir e entender de onde eu vim em um nível inteligente. ”

Embora Hit-Boy não faça batidas para Yeezy há anos, ele não foi cortado da família GOOD completamente. O hitmaker produziu várias faixas no último álbum de Big Sean, Detroit 2, que saiu em 4 de setembro e estreou em primeiro lugar na Billboard 200.

Confira o trabalho de Hit-Boy em canções como “Why Would I Stop?” e “Respect It” abaixo.