Início Noticias Ja Rule detona a ESPN após ser zoado pela emissora americana

Ja Rule detona a ESPN após ser zoado pela emissora americana

79

Ja Rule diz que a ESPN “não profissional” e afirma que estão “perseguindo atenção” depois de publicar um vídeo de sua infame apresentação no intervalo de um jogo.

Ja Rule muitas vezes se vê no meio de piadas da Internet. Algumas delas são inevitáveis. Provavelmente não haverá um dia em que esqueceremos o envolvimento dele no Fyre Festival. Sua afirmação contínua de que ele venceu sua rivalidade com Eminem e 50 Cent é algo que também provoca piadas. Mas mesmo quando ele está sendo celebrado por sua música, ele acaba sendo zoado.

Recentemente, a ESPN lembrou de uma vez em que Ja Rule se apresentou no intervalo de um jogo do Bucks vs Timberwolves. “VOCÊS ESTÃO PRONTOS?!” Ele pediu à multidão durante esse momento apenas para receber uma resposta sem brilho. “Eu acho que não.” “Nunca esqueço esse momento do Ja Rule”, dizia o tweet da ESPN.

Ja Rule não estava feliz com isso, pois a realidade era que seu microfone estava cortado e é por isso que a multidão não respondeu a ele. Indo até a sua própria conta no Twitter, ele criticou a emissora de esportes por seu “profissionalismo” e os acusou de “perseguição de influência”. “Normalmente, me importo com os meus negócios e ignoro os ruídos, mas acho que é muito pouco profissional da @espn tentar diminuir ou desacreditar quem e o que eu sou nessa cultura… quem quer que poste nas suas contas sociais @espn precisa ser despedido”, ele twittou.

“Então deixe-me ver se entendi @espn, sua equipe social que representa sua marca e contas sociais com mais de 16 milhões segue na tentativa de me fazer de Palhaço sobre o que era claramente um problema técnico com o equipamento e para o que??? A @espn está atrás de influência agora lmao”, acrescentou em outro tweet.

“Muito desapontado ao ver como a @espn NÃO PROFISSIONAL e DESCONHECIDA está permitindo que sua equipe social seja, se você não a responsabilizar eles, isso significa que você é cúmplice de calúnia e difamação alheias a sua audiência de mais de 35 milhões de pessoas… Devidamente anotado”, escreveu ele em um tweet separado junto com a entrevista de Giannis no TMZ.