Capa Kanye West e Kim Kardashian Capa Kanye West e Kim Kardashian

Kanye West diz que amará Kim Kardashian pelo resto da vida: “O divórcio só é no papel”

Kanye West amará Kim Kardashian para sempre.

O divórcio de Kanye West e Kim Kardashian está prestes a ser resolvido – mas isso não significa que o rapper deixará de amar a sua ex-esposa. Em uma entrevista na TV, o rapper falou sobre o assunto. “Posso estar divorciado no papel, mas não estou divorciado da ideia de ser o protetor”, compartilhou o rapper durante uma entrevista no “Piers Morgan Uncensored” na sexta-feira. “O nome dela não não tem mais West. E meu nome agora é apenas Ye. Se algum dia estivéssemos juntos novamente, qual seria nosso nome? Kimye?” questionou. O ícone do hip-hop continuou dizendo que “amará [Kardashian] por toda a vida”, acrescentando: “Curiosamente, eu a protegerei”.

Atualmente Kanye West está romanticamente ligado com a modelo brasileira Juliana Nalú. Recentemente ela falou nas redes sociais que o bilionário virá ao Brasil em breve. Depois que o namoro dos dois foi confirmado, os fãs brasileiros inundaram as redes sociais de Nalú com mensagens sobre Kanye. Em uma delas, uma pessoa pediu para a modelo chamar o rapper para vir ao Brasil, ao que ela respondeu: “Ele vai”.

Kanye West está solteiro desde o término de seu namoro relâmpago com Julia Fox. Após um mês e meio de uma paixão fulminante, eles se separaram em fevereiro de 2022. Logo depois o artista se relacionou com Chaney Jones, mas também rapidamente se separaram.  Kanye e Juliana, que é chamada pelo rapper de “Juju”, se esbarraram numa festa em Los Angeles e ela chamou atenção de Kanye com seu look. Logo depois, o rapper pediu a uma assistente que entrasse em contato com a modelo e a convidou para estrelar uma de suas campanhas de moda.

Durante a mesma entrevista com Morgan, o bilionário redobrou uma série de comentários antissemitas ameaçadores que ele fez nas últimas semanas. A emissora britânica perguntou a West se ele se arrependeu de ter escrito um tweet antissemita estilista disse a Morgan que “não está absolutamente” arrependido pela mensagem ofensiva. “Você deveria estar”, respondeu Morgan, criticando West por sua insensibilidade. Ele então equiparou o antissemitismo ao racismo, provocando uma resposta presunçosa do artista: “Sim, é por isso que eu disse isso”. Mais tarde, na mesma entrevista, Kanye acabou pedindo desculpas.

“Vou dizer que sinto muito pelas pessoas que machuquei com o Defcon [comentário], a confusão que causei”, disse ele. “Eu senti como se tivesse causado mágoa e confusão. E lamento pelas famílias das pessoas que não tiveram nada a ver com o trauma pelo qual passei. Eu só quero dizer que é errado manter um pedido de desculpas como refém e eu tenho que me livrar disso, me libertar do trauma e dizer: ‘Olha, eu vou entregar tudo a Deus agora.’ E dizer a essas famílias que eu machuquei, você sabe, eu realmente quero dar a vocês um grande abraço. E eu quero dizer que sinto muito por te machucar com meus comentários.” disse o artista, também dizendo que o tweet só servia para ‘os judeus que me fizeram mal’