Kanye West voltou a fazer um grande discurso no Twitter, dessa vez, o rapper afirmou ser o novo Moisés na luta contra os navios de escravos da era moderna.

Há algum tempo, Kanye West assustou seus fãs e colegas na industria da música quando fez um enorme desabafo no Twitter. Na ocasião, o rapper expôs seus problemas com Kim Kardashian, Kris Jenner, Drake e mais, no que ficou claro como uma crise de saúde mental de Ye.

Hoje (14), Kanye está de volta ao Twitter para mais um grande discurso. Na maior parte de seus tweets, Ye fala sobre como os negros precisam se juntar para lutar por um espaço maior na industria da música. Além de pedir para que os artistas negros parem de se atacar e se matar em novo do amor.

O rapper exigiu um pedido público de desculpas de Drake e J. Cole para que eles possam iniciar esse processo de “cura mundial” onde os artistas negros possam ser donos de mais gravadoras e de suas músicas, ficando livres de contratos abusivos.

Porém, um tweet com uma mensagem forte vem chamando mais a atenção dos fãs. Após dizer que não vai mais lançar nenhuma música até que seu contrato com a Sony/Universal termine, Kanye afirmou ser o novo “Moisés” na luta para liberar seus irmãos dos “navios de escravos” da era modera, citando a NBA e a industria da música como esses barcos que escravizam negros com seus contratos.

“Eu preciso ver os contratos de todos na Universal e Sony. Eu não vou assistir meu povo ser escravizado. Estou colocando minha vida em risco pelo meu povo. A indústria da música e a NBA são navios negreiros modernos Eu sou o novo Moisés”, escreveu Kanye.

Confira o tweet abaixo.