Kanye West questiona processo da mãe de filha de George Floyd contra ele

Kanye parece achar injusto receber esse processo.

Kanye West provocou indignação após alegar que George Floyd morreu por uso de fentanil em vez de asfixia depois que o policial Derek Chauvin se ajoelhou em seu pescoço, resultando em sua morte. Roxie Washington, mãe da filha de Floyd, mais tarde entrou com uma ação de US$ 250 milhões contra o rapper em resposta às suas alegações chocantes.

Neste fim de semana, o artista foi ao Instagram para criticar ela em um discurso contundente nas mídias sociais, alegando que doou US $2 milhões para sua família após a morte de Floyd e dizendo que ou ela está sendo controlada, ou ela é gananciosa. “Agora para Roxie Washington… APENAS PARA Roxie Washington. Eu dei 2 milhões de dólares do meu bolso para a família. Para ajudar a filha de George… Sua filha!” ele escreveu no domingo, 30 de outubro. “Posso garantir que a maioria dos que vieram atrás de mim depois dos meus comentários não fizeram o que eu fiz! Mesmo aqueles com milhões de dólares no banco! Quanto o BLM deu???? ” Questionou o rapper.

Capa Kanye West
Foto: Reprodução / YouTube / ABC

Ele disse que muitos apenas deram “palavras”, mas ele “agiu” dando dinheiro à família, antes de críticar ela por processá-lo quando ele está passando por um “linchamento econômico” e “digital”. “Ou você está sendo controlada ou está sendo gananciosa… Mas é melhor você conseguir alguns negócios…” ele continuou.

“É isso que você faz com alguém que estava lá para sua família? Você nunca vai receber dinheiro de mais ninguém. DEUS não gosta de pessoas feias” West então dirigiu-se pessoalmente à família Floyd, dizendo-lhes para “venha buscar Roxie antes que ESTRAGUEM todo o dinheiro de vocês”, acrescentando: “a Bíblia é o cordão umbilical [sic] … Fiquem conectados”.

Isso ocorre logo depois que Ye emitiu um pedido de desculpas por seus comentários inflamatórios sobre a morte de Floyd enquanto falava com paparazzi na sexta-feira, 28 de outubro. “Quando questionei a morte de George Floyd, machucou meu povo. Quero me desculpar”, admitiu, antes de comparar suas próprias lutas financeiras e sociais atuais com a maneira como o homem de 46 anos morreu. “Porque Deus me mostrou pelo que a Adidas está fazendo, pelo que a mídia está fazendo, eu sei como é ter um joelho no meu pescoço agora. Então, obrigado Deus por me humilhar e me deixar saber como realmente me senti”, continuou ele. “Porque como os homens negros mais ricos poderiam ser humilhados a não ser serem feitos para não serem bilionários na frente de todos com um comentário?”