Dupla conhecida como The Neptunes produziu disco da cantora

No mundo da música, questões contratuais são sempre muito delicadas e dignas de boas discussões. Muitos são os artistas que acabam sendo prejudicados por acordos meu-sucedidos com gravadoras, às vezes chegando a até mesmo serem impedidos de lançar novos trabalhos, algo que pôde ser visto em rappers como Iggy Azalea, Kanye West, Meek Mill e muitos outros. 

Quem está advogando por uma reparação contratual desta vez, inclusive, é ninguém menos que Kelis. Conhecida como uma importante voz do R&B do começo dos anos 2000, a cantora alega que Pharrell Williams e Chad Hugo, dupla intitulada The Neptunes, a enganaram quanto aos ganhos de seu álbum de estreia, “Kaleidoscope”, que foi produzido pelos dois.

Segundo Kelis, a dupla prometeu que os ganhos do álbum seriam divididos de forma igual entre os três, algo que nunca aconteceu devido um acordo malicioso por parte dos produtores. “O argumento deles é: ‘Bom, você assinou'”, disse a cantora em referência ao seu primeiro contrato, quando tinha apenas 19 anos. “Eu disse: ‘Sim, eu assinei o que me disseram para assinar e eu era muito nova e estúpida para checar”. 

Kelis ainda revelou que vem tentando resolver o problemas com Chad e Pharrell há bastante tempo sem precisar ir à justiça, mas os produtores nunca estiveram abertos à conversas. “Eu posso dizer que eles ficaram muito ofendidos”, disse a cantora. “”Estou tipo, ok, não vou gritar de volta: ‘Você roubou todas as minhas publicações!’ Então você acaba assentindo e todos acham que tudo está ótimo”.