Lacoste Brasil gera revolta ao não colocar rappers e funkeiros em sua nova campanha

A Lacoste sempre foi muito citada por rappers e funkeiros, que os ignorou em nova campanha

Uma grande discussão agitou o cenário do rap nacional e do funk na tarde desta terça-feira (3). Acontece que a marca Lacoste, muito nomeada por artistas da cultura urbana em suas músicas, ativou uma campanha que não agradou nem um pouco os artistas envolvidos neste cenário.

A campanha que visa abordar a coletividade não teve nenhum artista da cena do Rap, Funk ou de qualquer gênero periférico como estrela. Após ir para o ar, começaram a surgir manifestações de várias pessoas sobre esse caso, que gostariam de ver, por exemplo, o rapper Kyan na campanha.

“Vivo sempre longe de polêmica, mas a Lacoste se passou, hein? Não é sobre quem tá, mas quem deveria estar. E esse efeito de “tornar invisível quem legitima a marca” é só a ponta do iceberg, quando falamos de preto e favelado como consumidores em potencial. As marcas fogem disso com o discurso de ‘posicionamento de mercado’, disse a empresária Nicole Balestro.

O jornalista Felipe Mascari também se pronunciou: “A Lacoste colocou um influenciador rico e branco para sua nova campanha. Assim como a Oakley, fica cada vez mais evidente que essas marcas, ao invés de se juntar com o funk e o rap, querem se desassociar da periferia. E só agradecem por receberem propaganda gratuita”, disse com um certo inconformismo.

Vale lembrar que no começo do ano, o rapper Don L já tinha se posicionado sobre esse abandono entre a marca e os artistas que a exaltam: “Lacoste, que ganha tanto com o funk e trap, tem investido na cena? Sabemos que Kyan e outros artistas já receberam produtos da marca, mas até que ponto isso é o suficiente? Espero que a Lacoste esteja botando muito dinheiro no Trap e no Funk, porque o Funk e o Trap tão botando muito dinheiro na Lacoste.”, falou.

Veja abaixo a campanha e a indignação das pessoas:

https://twitter.com/tracieokereke/status/1422596480641245186

 

 

 

 

Sair da versão mobile