Lady Gaga promete remover música com R. Kelly de plataformas em pedido de desculpas

22

Tem havido pressão sobre vários artistas para denunciar R. Kelly após a exibição da série “Sobrevivendo A R. Kelly”. O nome de Lady Gaga apareceu mais vezes do que outras porque ela colaborou com ele em 2013 na faixa “Do What U What”.

A cantora quebrou seu silêncio dias após o final da série. Em uma nota publicada no Twitter, Lady Gaga, uma sobrevivente de agressão sexual, pediu desculpas e disse que removeria “Do What U What” das plataformas de streaming. Enquanto se distanciava da música, Lady Gaga explicou que ela estava em um “momento sombrio” em sua vida, quando ela fez a colaboração.

“Minha intenção era criar algo extremamente desafiador e provocativo porque eu estava com raiva e ainda não tinha processado o trauma que havia ocorrido em minha vida”, diz ela na nota. “A música é chamada ‘Faça o que você quiser (com meu corpo)’. Acho que está claro o quão explicitamente distorcido meu pensamento era na época.

“Se eu pudesse voltar e ter uma conversa com eu mais nova, eu diria a ela para fazer a terapia que eu tenho desde então, para que eu pudesse entender o estado pós-traumático confuso em que eu estava – ou se a terapia não fosse disponível para mim ou para qualquer pessoa na minha situação – para procurar ajuda e falar tão aberta e honestamente quanto possível sobre o que passamos. “

Lady Gaga e R. Kelly também enfrentaram críticas quando “Do What U Want” saiu em parte devido à natureza sexual explícita da canção. Os dois estavam filmando um videoclipe, mas foi supostamente descartado por causa das acusações de agressão sexual contra R. Kelly e Terry Richardson. Dois meses depois de a música ter sido lançada, o Village Voice publicou uma discussão muito falada sobre o suposto abuso sexual de R. Kelly.

Desde então, Lady Gaga tem sido uma defensora sincera dos sobreviventes de agressões sexuais. Em 2015, ela lançou o indicado ao Oscar “Til It Happens to You” para The Hunting Ground , um documentário sobre agressão sexual em campus universitário.