Luva de Pedreiro ainda tem que pagar R$ 5,1 milhões para ex-empresário Allan Jesus

Luva de Pedreiro ainda vive pesadelo com o ex-empresário

O influenciador e fenômeno da internet Iran Santana Alves, mais conhecido como Luva de Pedreiro, anunciou ontem que está encerrando a sua carreira. Apesar disso, ele ainda deve entorno de 5,1 milhões de reais para o ex-empresário, Allan Jesus. Essa quantia é o preço da multa rescisória pela quebra do contrato. Segundo estava no documento feito em fevereiro, Allan tem direito a 50% da verba dos acordos comerciais do influenciador.

Luva de Pedreiro tentou anular a multa, porém ela foi mantida pela Justiça. Diante da falta de acordo com Allan Jesus, Luva ainda tem que fazer depósitos mensais em juízo de 30% dos seus rendimentos. Segundo a decisão que está em vigor, o ele deve apresentar nos autos um comprovante de receitas e desse total será descontado o percentual, até que se atinja R$ 5,2 milhões da multa estabelecida em contrato.

De acordo com prestação de contas dada à Justiça, Luva de Pedreiro recebeu R$ 257,1 mil em julho e agosto. Logo, fazendo dois repasses mensais, correspondentes a 30% dos seus ganhos totais. O primeiro foi de R$ 31.098,43, feito no começo de agosto, referente ao valor que entrou na conta em julho: R$ 103 mil, remetidos pelo próprio Allan, via ASJ Consultoria, fruto de contratos como o da Amazon Prime.

O segundo depósito foi de R$ 46.032,55. Esse valor foi resultado do percentual dos R$ 100 mil que Falcão paga mensalmente ao Luva de Pedreiro e mais R$ 53.441,85 da parcela vinda da empresa de Allan Jesus.

Além da Amazon, a parceria com a ASJ rendeu ao Luva de Pedreiro um contrato com a Pepsi. Depois de assinar com os gestores atuais, Falcão, ex-jogador de futsal, Marcelo Seiroz e Mozyr Sampaio, o influenciador fechou com a Adidas em um vínculo de 18 meses e já estava gravando outros comerciais. Até a prestação de contas mais recente, o pagamento da fornecedora de material esportivo não tinha se concretizado.