Machine Gun Kelly revela que quase tirou a própria vida durante telefonema com Megan Fox

Capa Megan Fox e Machine Gun Kelly

Foto: Getty Images for MTV/ViacomCBS)

O artista relembrou que o incidente que ocorreu enquanto sua noiva estava na Bulgária e sua paranoia tomou conta.

Machine Gun Kelly e Megan Fox adoram compartilhar os detalhes super sensuais e íntimos de sua vida juntos, não há como negar, mas no novo documentário do artista no Hulu, “Life in Pink”, ele relembrou um momento nada agradável para o casal, quando quase acabou com sua vida por conta de um telefonema.

Como observa o Page Six, o artista nos levou de volta a julho de 2020, quando estava de luto pela perda de seu próprio pai, que havia falecido no aniversário de um ano do disco ‘Hotel Diablo'”Eu não saía do meu quarto e comecei a ficar muito, muito, muito sombrio”, ele admitiu, mencionando que, na época, sua parceira estava no exterior, na Bulgária, gravando um filme. “Comecei a ter essa paranoia realmente louca”, continuou MGK.

Foto: Imagem via Universal/Foto por MEENO

“Como se eu continuasse ficando paranoico que alguém viria e me mataria”. A fim de lidar com os delírios em sua cabeça, o artista de 32 anos dormiu com uma espingarda ao lado de sua cama, embora isso tenha se mostrado uma ideia arriscada, pois um dia ele “simplesmente explodiu”.

Baker ligou para Fox, acusando ela de não estar lá para ele. “Eu estou no meu quarto e estou tipo, pirando com ela. Cara, eu coloquei a espingarda na minha boca. E eu estou gritando no telefone e como se o cano estivesse na minha boca. E eu coloco a bala, quando ela volta, o projétil fica preso”.

Machine Gun Kelly disse que sua noiva ficou “mortamente silenciosa” do outro lado da linha depois, e naquele momento, ele percebeu que “algo não está certo” em sua vida, dizendo que foi nesse momento que decidiu buscar a sobriedade, embora ele não esclareceu se as drogas estavam ou não envolvidas no telefonema.

Sair da versão mobile