Capa Master P e Takeoff Capa Master P e Takeoff

Master P incentiva rappers a contratar policiais para segurança após a morte de Takeoff

Master P disse aos rappers que não tenham medo de contratar policiais como segurança.

O hip hop ainda está se recuperando da notícia da morte de Takeoff. O rapper foi baleado e morto aos 28 anos em Houston, TX, na manhã de terça-feira, provocando um diálogo em torno da segurança dos rappers. Master P foi ao Instagram, onde refletiu sobre o acontecimento com o artista e sobre todos os outros rappers que morreram.

Como uma pessoa mais velha que se elevou das ruas para se tornar um dos executivos e rappers mais emblemáticos do hip-hop, ele explicou que os artistas precisam tomar precauções extras para garantir sua própria segurança. “Cara, o hip-hop está morrendo muito jovem ”, disse ele.

Capa Master P
Foto: Amanda Edwards/Getty Images

“O hip-hop se transformou nas novas ruas. Costumávamos estar nas ruas tentando entrar no jogo do hip-hop, o que é uma loucura. A coisa mais importante que as pessoas sempre perguntam a mim e ao Snoop – como vocês vivem tanto? Percebemos que o amor supera o ódio”, completou.

Enquanto muitos rappers se orgulham de se movimentar sem segurança, Master P explicou que não há nada de errado em contratar policiais para garantir a segurança de alguém. “Temos que nos mover diferente. Não tenha medo de contratar a polícia para obter detalhes para levá-lo para casa”, disse ele. “Isso não faz de você menos de nada. Se você ganha milhões de dólares, essa é a chave para viver, sobreviver e voltar para casa, para suas famílias”.

A polícia ainda está investigando o assassinato de Takeoff, que eles confirmaram ter acontecido durante uma briga em uma pista de boliche de Houston. Eles pediram ao público para ajudar em sua investigação, na esperança de encontrar mais pistas para garantir uma prisão. O chefe da polícia de Houston, Troy Finner, também convocou a comunidade do hip-hop, que ele acredita ter um “nome ruim”, para trabalhar com a polícia no assunto. “Estou chamando todos, todos os artistas de hip hop, em Houston e em todo o país. Temos que nos policiar. Todos nós precisamos nos unir e garantir que ninguém destrua essa indústria”, disse ele.

Confira abaixo a postagem no Instagram: