Matuê explica porque a maconha deve ser legalizada e rebate argumentos contra a legalização

Matuê quer legalizar a maconha no Brasil.

Na última quarta-feira a ONU retirou a maconha da lista de “Drogas perigosas” e reconheceu as propriedades medicinais da planta. Na prática, a decisão não retira a necessidade de os países estabelecerem controles contra a proliferação da droga. A medida também não tem o poder de mudar, por si, as políticas adotadas por cada nação sobre a maconha e seus derivados, mas é algo como se fosse um ‘conselho’ aos países.

Na votação, o Brasil foi um dos poucos países que que votaram contra, como China, Rússia, Japão e mais 21 países. Enquanto 27 países aprovaram a recomendação. Isto criou um grande debate sobre a legalização da maconha no Brasil, e o rapper Matuê resolveu explicar de forma didatica para seus fãs, o beneficio da planta. Ele também rebateu alguns argumentos de seguidores que eram contra a legalização. “Mandem seus argumentos contra a legalização que eu vou debater com os mais interessantes de forma lógica”, escreveu.

Matuê começou então respondendo o primeiro comentário, que diz que “se fosse inofensiva não se chamaria droga”. Matuê foi direto ao ponto na resposta: “Quem chama de droga é tu, irmão. O que eu vejo aí é uma planta”. Outro então argumentou que “a cocaína também começa como uma planta”. E o rapper explicou: “Mas o produto final está longe de ser uma planta. Folha de coca até as vó e as criança [sic] mastiga pra passar a tonteira da altitude elevada. Se informa, dá uma lida no assunto pra não passar vergonha”, alertou. o rapper da 30PRAUM.

Matuê acredita que tudo se resolveria com a regulamentação e legalização da Maconha, e aponta a falta de controle ou padrão de qualidade para que se possa inspecionar a pureza de uma amostra de Maconha, dizendo que a maconha no Brasil é de má qualidade, e que ela pode fazer mal. “Os efeitos da proibição são piores porque pessoas inocentes morrem dia a dia pela guerra contra as drogas. Fora que isso enche o bolso de muito político pau no c*”

Outra resposta de destaque foi quando um seguidor quis saber se a legalização da maconha ajudaria o Brasil em outros aspectos. “No âmbito econômico nós íamos tirar o país inteiro da crise pós-Covid, gerando milhares de empregos em uma economia totalmente nova onde os impostos bilionários poderiam ajudar áreas da saúde e da educação”, aposta Matuê.

Veja abaixo.