Membros da equipe de segurança do rapper 6ix9ine são acusados de se passarem por policiais

O site The Daily Beast afirma que a segurança do rapper 6ix9ine está enfrentando acusações sérias.

Cinco membros da equipe de segurança do 6ix9ine, incluindo um ex-policial da Polícia de Nova York, são acusados ​​de fazer uma perseguição selvagem, roubar o telefone de uma pessoa e se passarem por policiais, após partirem em uma perseguição no Harlem para encontrar um homem que tinha filmado 6ix9ine m seu celular. O relatório diz que cinco membros da equipe do 6ix9ine, que inclui um ex-policial da NYPD, foram indiciados por cobranças de roubo em primeiro e segundo graus, bem como de falsificação de identidade em primeiro grau.

O promotor distrital de Manhattan, Cyrus R. Vance Jr., detalhou as supostas ações criminosas em um comunicado à imprensa, explicando que os seguranças do rapper perseguiram um homem de 34 anos com SUVs com luzes piscando e sirenes, como um veículo da polícia. O comunicado de imprensa diz que o homem estava com sua namorada quando tentou capturar um vídeo de 6ix9ine pessoalmente. No entanto, as tensões começaram a aumentar assim que o homem filmando foi avistado pelo segurançaDaniel Leperuta, um detetive aposentado da NYPD, está entre os réus envolvidos no caso. Ele é acusado de usar sua identificação de policial para colocar medo na vítima. Ele afirma que o homem havia o atacado com uma arma de fogo, mas parece que isso não aconteceu. O ex-policial é acusado de participar da perseguição, abrir a porta do carro onde o homem estava e jogar o celular no chão antes de outro segurança do rapper pisar e quebrar o aparelho.Enquanto policiais de verdade se dirigiam ao local, a segurança de 6ix9ine teria fugido, embora Laperuta tenha procurado a polícia depois, onde continuou suas alegações de ter sido ameaçado. Mais tarde, ele retirou sua declaração, uma vez que foi pressionado pelo tenente.”Seguranças de celebridades não é um departamento de polícia, e Manhattan não é o Velho Oeste”, escreveu Vance em um comunicado. “Como alegado, esses vigilantes altamente remunerados andaram pelas ruas do Harlem com sirenes soando para rastrear um homem e roubar e quebrar seu telefone … Falsos relatórios – especialmente sobre armas de fogo – podem ter consequências devastadoras e, felizmente, ninguém foi ferido ou morto na resposta real da polícia. ”

Source: The Blast, HotNewHipHop

Related Posts

Next Post