NBA quer expandir para mais duas famosas cidades nos Estados Unidos

A NBA pode ter 32 times em poucos anos

Na última década, a NBA teve muita estabilidade em termos de suas franquias e suas localizações. Depois de mudar o Seattle Supersonics para Oklahoma City, a liga não teve outras expansões ou realocações. Com isso dito, a competição sempre procurou maneiras de aumentar os fluxos de receita e entrar em novos mercados que ainda não foram explorados.

Na NHL, houve duas expansões nos últimos cinco anos. A primeira foi para Las Vegas e a segunda foi para Seattle. Ambos foram imensamente bem-sucedidos, e não há dúvida de que a NBA estava de olho no sucesso da NHL. De acordo com o repórter John Canzano, o contrato de TV da liga irá expirar em 2024 e é exatamente quando a competição está procurando fazer uma grande jogada de expansão.

Foto: Jason Miller/Getty Images

Las Vegas e Seattle são duas cidades que a NBA tem em mente, o que deve ser uma ótima notícia para os fãs de basquete. Se isso for verdade, o Seattle Supersonics ficará muito feliz, pois veremos o retorno dos Supersonics. Claro, muito precisa ser descoberto antes que tal movimento se torne possível, no entanto, isso é algo para ficar de olho, seguindo em frente.

Em noticias relacionadas, no começo do mês passado, Adam Silver revelou futuro do play-in na NBA. Inúmeras bases de fãs gostam do novo torneio play-in da NBA. Agora, 10 equipes têm uma chance na pós-temporada, em oposição a apenas oito do passado. Para muitos, isso desvaloriza completamente a temporada regular, pois agora, 82 jogos não são mais suficientes para o oitavo cabeça de chave chegar. É claro que a liga vê o play-in como uma grande oportunidade para aumentar a audiência e a receita, então agora que está aqui, pode-se supor que veio para ficar.

Confira abaixo a postagem no Twitter:

 

Sair da versão mobile