Nike processa StockX por vender NFts de tênis populares da marca

Nike diz que empresa está violando sua marca.

A Nike entrou com uma ação contra a StockX no distrito sul de Nova York na quinta-feira, acusando a gigante de revenda de tênis de usar suas marcas registradas sem autorização para comercializar e vender tokens não fungíveis “a preços altamente inflacionados para consumidores desavisados”. No processo, a Nike diz que, ao cunhar NFTs “Vault” baseados principalmente em tênis populares da Nike, a StockX está infringindo e diluindo suas marcas registradas.

“A Nike não aprovou ou autorizou os NFTs Vault da marca Nike da StockX”, diz a reclamação. “Esses produtos não autorizados provavelmente confundirão os consumidores, criarão uma falsa associação entre esses produtos e a Nike e diluirão as famosas marcas registradas da Nike.” A Nike não comentou o processo, citando uma política contra declarações públicas sobre litígios pendentes.

O processo da Nike ecoa uma crítica frequente ao programa StockX NFT que surgiu após sua estreia em janeiro. A reclamação faz referência a como os termos da StockX em torno de suas NFTs permitem que ela resgate uma NFT de seu programa Vault por um componente experimental a seu exclusivo critério, essencialmente tirando-a do detentor.

Também questiona os preços inflacionados dos NFTs StockX, apontando que um tênis como o Nike Dunk Low preto e branco está sendo vendido por uma média de US$ 282 no site, enquanto a versão NFT está sendo vendida por uma média de US$ 809. O processo se baseia nas mídias sociais para estabelecer que já há confusão sobre os NFTs StockX, apontando para comentários no Reddit e no Twitter que questionam se a Nike está envolvida no projeto.

A queixa apresentada pela Nike descreve os NFTs como “parte do futuro do comércio”. Também adverte que a tecnologia emergente é suscetível a infratores de marcas registradas que buscam obter lucros com propriedade intelectual que não lhes pertence.

A Nike investiu fortemente no metaverso e recentemente estabeleceu uma nova divisão chamada Nike Virtual Studios. Em dezembro de 2021, a Nike adquiriu a marca NFT RTFKT, que operará sob a nova divisão Virtual Studios da marca daqui para frente. O processo contém um teaser do que está por vir do RTFTK, de propriedade da Nike, dizendo que planeja lançar produtos virtuais da marca em fevereiro.

A Nike está pedindo que a StockX seja proibida de vender ou promover seus NFTs Vault que usam marcas Nike. Também quer que o mercado de revenda destrua os NFTs e pague pelos danos sofridos pela Nike.

 

Sair da versão mobile