Notorious B.I.G. foi aconselhado a deixar L.A. semanas antes de seu assassinato

718
VIEWS

Biggie Smalls ignorou alguns conselhos que poderiam ter salvado sua vida.

As mortes de Tupac ShakurThe Notorious B.I.G. continuam sendo um dos momentos mais marcantes em toda a história do hip-hop. A briga entre costa leste vs costa oeste cresceu a proporções tão grandes que acabou reivindicando a vida de dois dos maiores artistas de rap de todos os tempos.

No entanto, de acordo com a TMZ, as coisas podem ter funcionado de forma diferente para Biggie, se ele tivesse ouvido alguns conselhos inteligentes. BiggieDiddy estiveram em LA em fevereiro de 1997, filmando o vídeo do hit de Biggie, “Hypnotize”. Enquanto eles estavam lá, eles receberam uma visita surpresa no set de James Prince, o CEO da Rap-A-Lot Records.

Prince é até hoje um dos mais respeitados veteranos do rap e tem papel importante na carreira de Drake, por exemplo, que foi levado a Lil Wayne por seu filho, Jas Prince.

James Prince avisou aos dois que havia muita conversa nas ruas sobre a tentativa de vingança contra BiggieTupac foi baleado e morto em Las Vegas seis meses antes, em setembro de 1996, e por causa da briga entre Costa Leste e Costa Oeste, Biggie e Diddy eram os principais suspeitos do tiroteio.

Prince estava preocupado com a vida deles, especialmente quando percebeu que a segurança no set era fraca. Biggie e Diddy não pareciam muito preocupados com um possível ataque, preferindo se concentrar em terminar o videoclipe. Algumas semanas depois, em 9 de março de 1997, The Notorious B.I.G. foi morto a tiros do lado de fora do Peterson Automotive Museum em Los Angeles.

Esta historia de bastidor do rap será apenas uma entre muitas outras que estarão no livro de James PrinceThe Art and Science of Respect, que será lançado no próximo mês.

É louco imaginar o que poderia ter acontecido se Biggie e Diddy tivessem seguido o conselho do experiente Prince.

Related Posts