O que ‘Nice For What’ pode dizer sobre ‘Scorpion’, novo álbum de Drake

Do vídeo repleto de estrelas à influência de New Orleans, há pistas para os próximos movimentos do rapper em seu mais recente single.

O trabalho que Drake colocou em seu próximo álbum já o prejudicou, como ele brincou em um recente post no Instagram. “Você pode ver as horas do álbum sob meus olhos”, ele escreveu. Com o lançamento de “Nice For What”, seu novíssimo single inspirado em New Orleans, agora podemos ver o que aconteceu nessas olheiras. A faixa, que traz o sample da música ‘Ex-fator’ de Lauryn Hill e apresenta vocais convidados da lenda Big Freedia, também vem completo com um vídeo cheio de mulheres influentes. Tiffany Haddish,Issa Rae, Olivia Wilde e Zoe Saldana são apenas algumas encontradas no clipe, dirigido pela recém-chegada Karena Evans. Segue versões como “Diplomatic Immunity”, “Look Alive” e “God’s Plan”, como um single de aquecimento para o iminente álbum recém anunciado Scorpion.

Embora seja provável que nem todas as músicas mencionadas apareçam no LP, “Nice For What” parece ser um bom lugar para começar a prever exatamente o que poderíamos ver e ouvir do rapper da OVO assim que o projeto chegar. Assista ao vídeo abaixo e leia nossos pensamentos sobre o que essa música em particular pode nos dizer sobre o quinto álbum de estúdio de Drake.

Karena Evans está guiando o componente visual do álbum

O clipe de “Nice For What, é o seu segundo vídeo de Karena para Drake, seguindo o enorme sucesso “God’s Plan”. Nascida e criada em Toronto, a jovem de 22 anos estudou com ninguém menos que Director X, o diretor de vídeo musical mais influente da cidade e da cena, por trás de “Hotline Bling” e “Started From The Bottom” de Drake, sem mencionar alguns dos mais famosos vídeos de Rap e R&B dos anos 00. Karena é nova na direção de vídeos para artistas de tal magnitude, mas com “Nice For What”, ela demonstrou seu olho único através de lindos planos e temas. Como uma jovem negra de Toronto, ela parece uma perspectiva criativa perfeita para preencher o componente visual da música de Drake. Enquanto ela já definiu a aparência da nova era de Drake, não será surpresa se ela continuar a estabelecer o tom visual de Scorpion.

God's Plan ?? #niceforwhat https://youtu.be/U9BwWKXjVaI

A post shared by @ karenaevans_ on

Os vídeos de Drake estão ficando maiores e melhores

Houve um tempo em que Drake era a coisa mais distante de um videoartista. Na verdade, não foi até perto de Nothing Was The Same, onde ele começou a encontrar seu rumo no departamento visual. Com o lançamento dos visuais para“Nice For What”, agora está claro que Drake dominou a arte do vídeo. Como “God’s Plan“, “Nice For What” imediatamente virou cabeças e fez as pessoas falarem sobre o clipe. Com dois vídeos de início de conversa lançados para o projeto, parece que isso pode ser uma direção consciente, e não uma única.

Drake está com o objetivo de elevar seu nível com Scorpion

A música de Drake sempre foi em grande parte muito boa. Parte do apelo do rapper de Toronto é a perspectiva única e pessoal de suas composições, o artista mostrou estar de volta ao seu auge em termos líricos com ‘Diplomatic Immunity’, mas em “Nice For What”, bem como em “God’s Plan”, ele parece estar se expandindo de uma maneira nova. Drake dificilmente é o centro de qualquer um dos seus novos videoclipes, e em “Nice For What”, ele é capaz de sair do quadro enquanto celebra as mulheres inspiradoras, independentes, fortes e batalhadoras do mundo. A paranoia tensa de If You’re Reading This It’s Too Late, teve uma presença variada na música do rapper desde o seu lançamento, mas parece que com seu próximo projeto, Drake pode estar pronto para deixar de lado as dúvidas da indústria e olhar para a imagem maior através de uma lente mais otimista.

Drake está experimentando novos estilos, mas garantindo que os pioneiros tenham seu crédito

Das inflexões do dancehall em VIEWS aos seus acenos para grime em More Life, Drake vem ampliando seu som tirando estilos que não eram necessariamente representados na música popular norte-americana. Com “Nice For What”, o rapper adotou o ritmo de Nova Orleans, e ele decidiu ir diretamente para a fonte para se certificar de que a cena receberia seu crédito. Big Freedia, um artista responsável por popularizar o ‘bounce’ da cidade, pode ser ouvido nos momentos de abertura, legitimando o uso que Drake faz das convenções do gênero. BlaqNmilD, um lendário produtor de repercussão, também trabalhou no instrumental, enviando a música em um autêntico tangente de dança no meio do caminho. Houve ocasiões em que Drake foi criticado (muitas vezes sem razão) por não dar crédito onde é devido. Parece que o rapper vai cuidar disso no novo álbum.

Murda Beatz entrou no círculo de produção interna de Drake

Murda Beatz, um produtor de Niagra que inicialmente fez ondas através de suas colaborações com Migos, primeiro trabalhou com Drake em colaborações de 2016 como “Back On Road”, “No Shopping” e “With You”. Ele apareceu novamente em More Life com “Portland” e “No Long Talk”. No entanto, “Nice For What” é o primeiro grande single solo de Drake que Murda fez parte, e sugere que o garoto de Ontário é agora uma parte da pequena coleção de beatmakers confiáveis ​​de Drake que inclui Boi-1da, Noah “40” Shebib (seu amigo e produtor exclusivo) e nineteen85. Espere ouvir muito “Murda on the beat so it’s not nice” em Scorpion.

MURDA NOT NICE FOR WHAT

A post shared by MURDA ON THE BEAT ??‍? (@murdabeatz) on

A música de Drake é tão referencial quanto sempre

Além dos elementos do ‘bounce’ incorporados à música, “Nice For What” continua as tendências de Drake para acenar para outros artistas. A amostra central vem do “Ex-Factor” de Lauryn Hill, que, como um usuário do Twitter apontou, coloca uma linhagem de 44 anos que se estende através do Wu-Tang Clan e Gladys Knight. Claro, isso leva a um monte de compositores creditados. Além disso, ele abre seu verso com uma referência a “Get Your Roll On” dos Big Tymers, o duo Mannie Fresh e Birdman que é tanto um ramo essencial da árvore genealógica da Cash Money como artistas que pegrama muita influência no ‘bounce’ de New Orleans. Também mencionando o nome de Fabo, líder do D4L, um grupo de meados dos anos 2000 conhecido por popularizar o snap de Atlanta, outro movimento orientado para a dança do sul. Scorpion deve ser preenchido com referencias semelhantes sobre toda a história da música.

Espere Drake comandar os charts neste verão

“Nice For What” acaba de estrear em primeiro lugar no Hot 100 da Billboard nesta emana, garantindo novos recordes ao 6 God. Destronando outra faixa de Drake, “God’s Plan”, que liderou o chart mais importante do mundo por 11 semanas seguidas. Lá, o single se junta a “Look Alive”, colaboração Blocboy JB. Apesar do que qualquer um pode ter dito há alguns meses, os fãs estavam claramente prontos para Drake retornar com novas músicas, e “Nice For What” prova que, enquanto ele mantiver sua atual estratégia, suas músicas continuarão a ter um bom desempenho nos gráficos.

A Drake Season começou juntamente com 2018, e pelo jeito não vai perder força tão cedo.

Related Posts

Next Post