Início Noticias Padre é suspenso após fazer Rap durante missa como forma de fazer...

Padre é suspenso após fazer Rap durante missa como forma de fazer jovens irem à igreja

799

No Quénia, um padre católico utilizava o rap como forma de fazer jovens irem à igreja e a não optarem por outros caminhos.

Paul Ogallo: é este o nome do padre católico que foi suspenso, no Quénia em 2018, por realizar missas e cantar rap ao mesmo tempo. Este padre faz o sermão na igreja em forma de músicas rap. Vídeos com as pregações do queniano Paul Ogalo viralizaram. O padre virou uma sensação no país, e os fãs o chamam de “Sweet Paul”. Mas a Igreja Católica resolveu
suspendê-lo devido ao rap.

O bispo Philip Anyolo, da diocese de Homa Bay, declarou à BBC, que a suspensão do padre Paul ocorreu porque ele cantava rap durante os sermões na eucaristia. Paul Ogallo defende que utilizava o rap como uma forma de cativar os jovens a passar mais tempo na igreja e a deixar os maus caminhos de lado.

Depois da eucaristia, o padre Paul tirava as vestes sacerdotais, vestia uma camisa e utilizava uma bandana para fazer seus raps.

O padre ganhou uma suspenso  de um ano. Neste período ele não pode ser o padre principal da eucaristia nem administrar a sagrada comunhão, mas é-lhe permitido realizar eucaristias privadas.